• Rafael de Angeli

Sensor de temperatura 'de alta precisão' do Apple Watch é revelado às vésperas do Series 8

A Apple registrou uma patente para um sensor de temperatura para o Apple Watch, apenas algumas semanas antes de apresentar o Apple Watch Series 8 com rumorados recursos de detecção de temperatura corporal.


A patente recém-concedida, identificada pelo MyHealthyApple, foi registrada no Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos e é intitulada "Sensor de inclinação de temperatura em dispositivos eletrônicos". Embora o texto da patente sugere que ela pode ser aplicada a qualquer dispositivo, o único device descrito em suas ilustrações é claramente o Apple Watch, potencialmente sugerindo qual aplicação específica a Apple tem em mente para a tecnologia.



A patente da Maçã protege uma caixa de dispositivo eletrônico que inclui um sistema composto por um sensor de temperatura e uma sonda de temperatura diferencial. O sistema funciona calculando a diferença entre duas extremidades de uma sonda. Uma extremidade toca a superfície a ser medida, enquanto a outra está conectada a um sensor de temperatura. A diferença de tensão entre as diferentes extremidades da sonda pode, então, ser correlacionada a uma medição de temperatura diferencial.

"A sonda de temperatura é configurada para gerar uma tensão correspondente a uma inclinação de temperatura entre uma primeira extremidade da sonda e uma segunda extremidade da sonda. O sensor de temperatura pode ser disposto dentro de um compartimento de dispositivo eletrônico. Uma primeira extremidade da sonda pode ser acoplada ao sensor de temperatura e uma segunda extremidade da sonda pode ser acoplada a qualquer superfície adequada, interna ou externa, do dispositivo eletrônico... Nesta construção, o sensor de temperatura pode ser configurado para medir uma temperatura, em qualquer tempo de amostragem ou taxa de amostragem, de qualquer superfície ou volume ao qual a superfície de detecção esteja exposta".

A patente continua explicando, em detalhes técnicos, como funciona o hardware de detecção de temperatura. Crucialmente, enquanto a patente cobre como um sensor de temperatura dedicado pode ser usado dentro de um dispositivo para monitorar a temperatura de um componente como o processador, ela diz que o sensor pode ser usado para medir a "temperatura absoluta" de uma superfície externa, como a pele .

Mais notavelmente, a Apple menciona explicitamente como a localização da sonda externa pode estar localizada em uma "superfície traseira, como um cristal traseiro de um smartwatch" e diz que o sistema inclui um "sensor de temperatura absoluta de alta precisão e alta exatidão". A patente descreve várias formas e arranjos potenciais para o sensor de temperatura, com um dos designs mais marcantes sendo uma sonda de temperatura em forma de cruz.



De acordo com o analista e leaker Ming-Chi Kuo, a Apple originalmente pretendia oferecer um recurso de medição de temperatura corporal com os modelos ‌do Apple Watch Series 7‌, em 2021, mas a empresa engavetou os planos quando o algoritmo de temperatura corporal que havia desenvolvido falhou em atender aos requisitos antes que o dispositivo entrasse na fase de testes de validação de engenharia (EVT).

Os problemas que a gigante de Cupertino enfrentou em relação à medição da temperatura corporal supostamente estão relacionados ao fato de que a temperatura da pele varia rapidamente com base no ambiente e, como um smartwatch não pode monitorar a temperatura corporal central usando hardware, o recurso depende muito de um algoritmo que produz resultados precisos. Esta patente cobre apenas a configuração de hardware para um sistema de detecção de temperatura, em vez do algoritmo necessário para produzir resultados precisos.

Embora os registros de patentes da Apple não possam ser tomados como evidências concretas dos planos exatos da empresa, já que muitas de suas patentes nunca são usadas, elas mostram suas áreas de pesquisa e desenvolvimento e, às vezes, revelam produtos iminentes, como o AirTag. Nesse caso, é difícil ignorar a infinidade de relatos sobre o Apple Watch Series 8 oferecendo um sensor de temperatura corporal – algo que há muito há rumores, de fontes como Kuo. As notícias indicam que, embora seja improvável que o dispositivo ofereça medições exatas da temperatura corporal, o sensor será usado para fornecer pelo menos dois novos recursos de monitoramento de saúde.

O The Wall Street Journal e Mark Gurman, da Bloomberg, afirmam que o sensor de temperatura corporal ajudará no planejamento da fertilidade, dando às mulheres informações sobre seu ciclo de ovulação. A Apple se concentrou na saúde da mulher nos últimos anos, portanto, expandir recursos nessa área parece estar alinhado com os objetivos da empresa.


Além disso, o sensor de temperatura corporal pode ser usado para melhorar a detecção de padrões ao rastrear o sono. A Apple aproveitou os recursos de detecção de oxigênio no sangue durante o sono, começando com o Apple Watch Series 6, e reforçou significativamente o recurso de seu relógio inteligente no watchOS 9 (que está em fase de testes e deve ser lançado em setembro), o que significa que outras melhorias nessa área, auxiliadas pelo hardware, parecem muito plausíveis para este ano.


Conceito e render: @silicondesigner (Darvik Patel)

A Apple também tem planos para permitir que o sensor de temperatura corporal detecte quando um usuário está com febre, mas parece improvável que esse recurso esteja disponível após o lançamento do ‌Apple Watch Series 8‌. Gurman acredita que, no futuro, os Apple Watches poderão determinar se um usuário tem uma temperatura corporal mais alta que o normal, mas ainda não deve mostrar uma medida exata.

Fontes: MyHealthyApple, The Wall Street Journal, Bloomberg e MacRumors

12/8/2022 - 0h30