• Rafael de Angeli

watchOS 9 traz novos mostradores, recursos aprimorados de fitness e rastreamento de sono e mais

A Apple anunciou, na WWDC, o watchOS 9 para o Apple Watch, que incluirá novas opções de mostradores com personalização mais detalhada, atualizações de notificações, novos recursos no app Exercício e muito mais.


Semelhante à nova tela bloqueada do iOS 16, os novos mostradores do watchOS 9 permitem que os usuários os estilizem. Há quatro novas telas: Lunar, Recreio, Metropolitano e Astronomia; Mostradores de relógios clássicos também serão atualizados com efeitos de profundidade aprimorados do watchOS 9.


O aplicativo Exercício foi atualizado com métricas mais detalhadas para medir o desempenho e uma nova experiência de treinamento para ajudar a atingir metas de condicionamento físico, com diferentes visualizações de treino girando a Digital Crown e alternando entre diferentes estilos de treino.


As zonas de frequência cardíaca ajudam a monitorar a intensidade de um exercício, e os treinos personalizados permitem intervalos de trabalho e descanso. Além disso, novos alertas incluem ritmo, potência, frequência cardíaca, compasso e muito mais, que podem ser adicionados para guiar o usuário durante o exercício.



Os corredores (atletas fazendo exercício de corrida) poderão rastrear métricas como comprimento da passada, tempo de contato com o solo e oscilação vertical. Eles aparecem no resumo do aplicativo Fitness e no app Saúde, permitindo que os corredores acompanhem as tendências ao longo do tempo e aprendam com seus padrões.



As rotas usadas com frequência permitem que os corredores corram contra seus próprios tempos, incluindo seus melhores ou mais recentes resultados, e recebam alertas durante a corrida por estarem à frente ou atrás de seus objetivos. Há também algumas atualizações nos treinos de natação, como a detecção de kickboard (prancha) como um novo tipo de braçada.



O Apple Watch agora poderá rastrear mais informações ao dormir com o novo recurso de estágios de sono. Usando sinais do acelerômetro e do sensor de frequência cardíaca, o watchOS 9 poderá detectar quando os usuários estão em sono REM, Core ou Deep. Todas essas estatísticas estarão disponíveis no aplicativo Sono ao acordar.



Qualquer pessoa diagnosticada com AFib (fibrilação atrial) pode usar o novo recurso AFib History no watchOS 9 para acessar informações importantes. Isso inclui uma estimativa da frequência com que o ritmo cardíaco de um usuário mostra sinais de AFib e muito mais. Esse recurso foi liberado pelo FDA (Food and Drug Administration), agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, um dos departamentos executivos federais do país.



Ainda sobre saúde, há uma nova experiência no watchOS 9 e no ‌iOS 16‌ que pode rastrear os medicamentos, vitaminas e suplementos de um usuário. Eles podem criar uma lista de remédios, configurar agendamentos e lembretes e visualizar informações sobre seus medicamentos no app Saúde, podendo até alertar se detectar possíveis relações críticas entre dois medicamentos que foram adicionados (para pessoas nos Estados Unidos inicialmente). Caso contrário, permitirá criar horários para se lembrar de tomar seus remédios.


Outras atualizações do watchOS 9:


  • As notificações foram redesenhadas para serem menos interruptivas, semelhantes ao ‌iOS 16‌;

  • A Configuração da família agora é compatível com o aplicativo Casa, permitindo que as crianças sejam convidadas a controlar os acessórios;

  • As ações rápidas permitem que os usuários façam ainda mais com um gesto de pinça dupla, como encerrar uma ligação ou tirar uma foto;

  • O espelhamento do Apple Watch ajuda os usuários com deficiências físicas e motoras a controlar o relógio via iPhone;

  • O teclado QWERTY adiciona suporte para francês, alemão, italiano, japonês, português (Brasil) e espanhol (México, Espanha, América Latina);

  • O Dock redesenhado apresenta aplicativos que estão sendo usados ​​ativamente antes de outros;

  • O aplicativo Lembretes permite que os usuários adicionem ou editem detalhes importantes, como datas e horas;

  • O aplicativo Calendário permite que os usuários criem novos eventos diretamente no Apple Watch;

  • O recurso Cardio Recovery rastreia a saúde cardiovascular após caminhadas e corridas.



O watchOS 9 está disponível como uma versão beta para desenvolvedores para membros do Apple Developer Program, e uma versão beta pública chegará no próximo mês. Ele deve ser lançado ao público em setembro como uma atualização de software gratuita para o Apple Watch Series 4 ou posterior, emparelhado com o ‌iPhone‌ 8 ou posterior e o iPhone SE (segunda geração) ou posterior, executando o ‌iOS 16‌.



O Apple Watch Series 3 não receberá o watchOS 9. O curioso é saber que a Maçã ainda vende o Series 3 em sua linha de relógios inteligentes. Completamente sem nexo, Apple. 🤡



Fonte: Apple e MacRumors

7/6/2022 - 22h26