• Rafael de Angeli

Kuo: Apple Watch Series 7 priorizará maior bateria em vez de novos sensores

A Apple pode "pular" a adição de novos sensores de saúde ao redesenhado Apple Watch Series 7 deste ano em favor de melhorar a vida útil da bateria do dispositivo, com base em rumores e relatórios recentes.

Conceito: EverythingApplePro

De acordo com o respeitado analista Ming-Chi Kuo, o Apple Watch Series 7, com previsão de lançamento para setembro, pode apresentar a primeira reformulação significativa de design do relógio da Maçã em vários anos. Como parte do redesenho, que pode incluir uma caixa de borda plana semelhante ao iPhone 12 e ao iPad Pro, a Apple também está adotando a nova tecnologia System in Package (SiP) de impressão dupla para reduzir o tamanho do processador.


O Economic Daily News observa que o chip "S7" menor vai liberar espaço interno para uma bateria de maior capacidade ou sensores de saúde adicionais. No entanto, espera-se que a Apple adie a introdução de outros sensores até 2022, no mínimo, de acordo com várias fontes com alta precisão sobre os planos da gigante de Cupertino.


De acordo com a Bloomberg, a Apple está trabalhando em uma maneira de trazer recursos de monitoramento de glicose no sangue para o Apple Watch usando um sensor óptico não invasivo, mas o recurso não estará pronto para um lançamento "por vários anos". A Maçã também estava considerando adicionar um sensor de temperatura corporal ao Apple Watch de 2021, mas a Bloomberg diz que é provável que seja introduzido apenas na atualização de 2022.


O redesenho esperado para permitir que a Apple retenha o tamanho do modelo da geração atual ou o engrosse ligeiramente, de uma forma não perceptível para o usuário, poderia deixar espaço para a empresa aumentar a capacidade da bateria interna.


O Apple Watch Series 6 de 44 mm usa uma bateria de 1,17 Wh, que é 3,5% maior do que a bateria do Series 5, enquanto o Apple Watch Series 6 de 40 mm possui uma bateria de 1.024 Wh, que é 8,5% maior do que a bateria do Series 5. No entanto, apesar de melhorias na velocidade de carregamento, a adição de novos recursos e sensores em sucessivos modelos do produto fez com que a vida da bateria permanecesse relativamente constante ao longo dos últimos anos.


A Apple diz que o Apple Watch Series 6 oferece "bateria que dura o dia todo", com até 18 horas de uso, e baseia as estimativas em 90 verificações de tempo, 90 notificações, 45 minutos de uso de aplicativos e um treino de 60 minutos com reprodução de música via Bluetooth. Ao contrário de outros produtos da empresa, como os iPhones, no entanto, essa afirmação tem sido consistente desde o Apple Watch Series 1 até o modelo mais recente.


Uma justificativa para priorizar o aumento da vida útil da bateria no Series 7 é que a Apple poderia promover fortemente o aprimoramento a fim de atrair os proprietários de modelos mais antigos do relógico a atualizar, sendo particularmente atraente para usuários cuja vida útil da bateria do Apple Watch se deteriorou gradualmente ao longo dos anos devido ao envelhecimento químico.


Aumentar a capacidade de energia também pode permitir que o Apple Watch concorra melhor com os smartwatches rivais que tendem a promover a vida útil da bateria de vários dias como um recurso importante, como o Fitbit Versa 3, que pode operar por mais de seis dias com uma única carga.

Conceito: EverythingApplePro

Além de possíveis melhorias na bateria, o Apple Watch Series 7 também deve apresentar conectividade sem fio aprimorada, um chip U1 de banda ultralarga melhorado, bordas mais finas, o uso de uma nova técnica de laminação que aproxima a tela da tampa frontal, atualizações da tecnologia da tela e novas cores, como a verde, de acordo com o leaker Jon Prosser.

Fontes: Economic Daily News, Bloomberg e MacRumors

30/06/2021 - 19h44