• Rafael de Angeli

AirPods Pro 2 devem ter detecção de frequência cardíaca, funcionar como aparelho auditivo e mais

Os AirPods Pro de segunda geração podem ter uma longa lista de novos recursos que incluem detecção de frequência cardíaca, capacidade de funcionar como aparelho auditivo e uma porta USB-C, de acordo com uma notícia do 52Audio.


O site afirma que recebeu novas informações sobre os ‌AirPods Pro‌ 2 e as usou para fornecer algumas renderizações sobre a aparência dos fones de ouvido. Em termos de design, ainda há uma haste, em contraste com alguns rumores sobre uma aparência sem haste e, no geral, os ‌AirPods Pro‌ 2 se parecem muito com os ‌AirPods Pro‌ atuais de primeira geração e com os AirPods 3, lançados em outubro de 2021.


Embora os ‌AirPods Pro‌ 2 sejam semelhantes ao ‌AirPods Pro‌, o site 52Audio afirma que haverá uma longa lista de novos recursos. Alguns desses rumores já vimos anteriormente, mas o "vazamento" de agora fornece um pouco mais de detalhes.


  • Chip H1 atualizado - O chip H1 atualizado (ou "H2") deve apresentar um sistema de empacotamento SiP atualizado e recursos de cancelamento de ruído autoadaptativo. Incluirá melhor desempenho e consumo de energia aprimorado também;

  • Buscar aprimorado - Os ‌AirPods Pro‌ 2 devem suportar a funcionalidade Buscar, permitindo que sejam localizados com o aplicativo ‌Buscar‌, mesmo longe do alcance do Bluetooth, com nova tecnologia para o recurso. Rumores anteriores indicaram que haverá um alto-falante no estojo, permitindo que eles reproduzam um som quando perdidos;

  • Detecção de frequência cardíaca - Rumores anteriores falavam sobre sensores de saúde chegando aos ‌AirPods Pro‌, e o site 52Audio afirma que eles poderão detectar a frequência cardíaca de dentro do ouvido;

  • Detecção de temperatura - O sensor de frequência cardíaca também pode suportar a detecção de temperatura, mas o site diz que isso ainda não pode ser confirmado;

  • Melhorias de som - Os ‌AirPods Pro‌ 2 aparentemente compartilharão a acústica com os ‌AirPods 3‌, apresentando uma "combinação de unidades de acionamento de alta amplitude personalizadas e amplificadores de alto alcance dinâmico". Equalização autoadaptável, áudio espacial com rastreamento dinâmico de cabeça e compartilhamento de áudio serão incluídos;

  • USB-C - Em vez de Lightning, os ‌AirPods Pro‌ 2 podem adotar uma porta USB-C, já direcionando o produto para a nova lei da União Europeia;

  • Recursos de aparelhos auditivos - O 52Audio afirma que os ‌AirPods Pro‌ 2 servirão como um aparelho auditivo. O som pode aparentemente "ser coletado através do estojo de carregamento e transmitido para o fone de ouvido para aprimoramento e reprodução de som", com o objetivo de ajudar as pessoas com perda auditiva a ouvir melhor o som no ambiente. O site acredita que o que foi descrito anteriormente como um "suporte de cordão" na lateral dos ‌AirPods Pro‌ 2 é, na verdade, algum tipo de função de aparelho auditivo.



No iOS 15, os AirPods Pro e os AirPods Max foram capazes de acessar a rede Buscar, permitindo que os usuários os localizem perdidos, mesmo fora do alcance do Bluetooth. A tecnologia é diferente da utilizada na localização de iPhones (11 e mais recentes), Apple Watches (Series 6 e mais recentes) e AirTags, que possuem o chip U1 com tecnologia de banda ultralarga para reconhecimento espacial, dependendo dos fones terem sido usados recentemente pelo usuário.


Rumores sobre a maioria desses recursos foram relatados no passado, mas a funcionalidade como aparelho auditivo seria uma grande novidade. Também vimos rumores mistos sobre o design dos ‌AirPods Pro‌ 2, mas as informações estão se solidificando em torno de um visual ‌parecido com os AirPods 3‌ e ‌com os AirPods Pro,‌ que continuariam apresentando uma haste.



O 52Audio forneceu, no passado, informações precisas sobre próximos produtos de áudio da Apple, mas o site também compartilhou alguns rumores questionáveis, por isso tem um histórico misto. Alguns desses recursos parecem plausíveis, mas outros, como a funcionalidade como aparelho auditivo, são mais estranhos. Por essa razão, estas informações devem ser vistas com cautela.



Fontes: 52Audio e MacRumors

25/6/2022 - 17h43