• Rafael de Angeli

MacBook Pro com tela XDR, HDMI, MagSafe e leitor de cartão SD deve ser lançado em breve

Vazamentos de documentos "confirmam" a existência dos modelos de 14 e 16 polegadas dos futuros MacBooks Pro, que devem ser lançados ainda em 2021.


A Apple divulgou, no evento da semana passada, um novo iPad Pro de 12,9 polegadas com uma tela Retina XDR que usa iluminação de fundo mini-LED para atingir até 1.000 nits de brilho de tela cheia e até 1.600 nits de brilho máximo. Com mais de 10.000 mini-LEDs agrupados em mais de 2.500 zonas de escurecimento locais, a tela também tem uma taxa de contraste impressionante de 1.000.000:1.


A gigante de Cupertino até agora rotulou seus monitores mini-LED como telas "XDR", abreviação de "Extreme Dynamic Range", e rumores sugerem que o iPad Pro não será o único dispositivo da Apple a apresentar a tecnologia este ano.


A empresa de pesquisa taiwanesa TrendForce informou que a Maçã planeja lançar novos modelos de MacBook Pro de 14 e 16 polegadas com telas mini-LED no segundo semestre de 2021, informações alinhadas com notícias e rumores anteriores. Os notebooks da Maçã deverão ser alimentados por um chip Apple Silicon e apresentar um novo design com o retorno de um slot para cartão SD e porta HDMI.


Há muita expectativa para os novos modelos de MacBook Pro topo de linha, já que a Apple provavelmente os equipará com uma geração aprimorada de seu chip M1, talvez com o nome M1X, M1Z, M2 ou algo parecido. Fontes respeitáveis ​​como Mark Gurman, da Bloomberg, e o analista Ming-Chi Kuo também afirmaram que a Touch Bar será substituída por teclas de função física e que um cabo de alimentação magnética MagSafe retornará.


Contando com o lançamento do novo iMac colorido na semana passada, a Apple já atualizou quatro modelos de seus computadores com seu chip Apple Silicon, incluindo o referido iMac, de 24 polegadas, o MacBook Pro de 13 polegadas, o MacBook Air e o Mac mini. A empresa disse, anteriormente, que sua transição dos processadores Intel para Apple Silicon seria concluída em meados da WWDC de junho de 2022, em um total de aproximadamente dois anos.


Documento vazado "confirma" novos MacBooks Pro


Suposta estrutura do futuro MacBook Pro com seus novos conectores

Um grupo de hackers chamado REvil está atualmente chantageando a Quanta, fornecedora da Apple, por cerca de US$ 50 milhões. O grupo afirma ter milhares de arquivos vazados que incluem informações sobre os próximos produtos da Maçã.


O site 9to5Mac teve acesso a alguns dos arquivos já lançados. Os documentos incluem especificações técnicas para o futuro MacBook Pro com Apple Silicon, com os codinomes J314 e J316, datados de março de 2021 para a etapa de protótipo do Teste de Validação de Engenharia.


O REvil está ameaçando liberar mais documentos enquanto a Quanta não pagar o que estão pedindo. Até agora, os vazamentos não incluem nada tão significativo quanto imagens de produtos ou esquemas de design. Os novos documentos são profundamente técnicos, incluindo especificações de tensão de alimentação, entre outros detalhes essenciais.


Conforme relatado pela Bloomberg em janeiro, esses codinomes representam os próximos MacBooks Pro de 14 e 16 polegadas. Com base nos esquemas da placa lógica principal para o modelo de 16", as especificações confirmam a existência de uma porta HDMI, um slot para cartão SD e MagSafe para carregamento.



Fontes: TrendForce, Bloomberg, 9to5Mac e MacRumors

26/04/2021 - 0h59