• Rafael de Angeli

Macs usarão o Apple Silicon, chip próprio, em uma poderosa transição que deixará a Intel para trás

WWDC20: Apple fará a transição de seus computadores para chips personalizados com desempenho 'incrível' nos próximos dois anos.


A Apple confirmou hoje, durante a keynote de abertura da WWDC 2020, seu plano de mudar para processadores personalizados, chamados de Apple Silicon, para seus Macs, prometendo desempenho e recursos incríveis.


Com base nos seus chips da série A, líderes do setor, para iPhones e iPads, a Apple quer que os Macs com seu “silício personalizado” tenham o melhor desempenho com menor consumo de energia. A empresa diz que a grande maioria dos aplicativos para Mac pode ser atualizada rapidamente para ser "universal", com suporte para Macs baseados em Intel e aqueles com o novo chip Apple Silicon, personalizado, da gigante de Cupertino.


A partir de hoje, os desenvolvedores poderão solicitar um Mac mini com um chip A12Z para ajudar a preparar seus aplicativos para o Apple Silicon. O Mac mini especial executará o macOS Big Sur beta (futuro macOS 11) e a versão mais recente do Xcode.


A Apple espera que seu primeiro Mac com o chip Apple Silicon seja lançado até o final de 2020, e fazer a transição de toda a sua linha nos próximos dois anos.


Leia também:

- Rumor: Apple deve anunciar planos para Macs baseados em ARM na WWDC 2020

- Rumor: MacBook de 12” pode reviver e ser o primeiro a receber chip ARM da Apple



22/06/2020 - 18h06

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.