• Rafael de Angeli

Facebook quer competir com o Apple Watch lançando seu próprio Smartwatch

Mark Zuckerberg, mesmo em meio às polêmicas atuais envolvendo nossa privacidade, quer tentar bater de frente com o relógio mais vendido do mundo.

Imagem: Reprodução/HitechGlitz

O Facebook está desenvolvendo um relógio inteligente que se concentrará em recursos de mensagens e saúde, de acordo o site The Information. Os usuários poderão enviar mensagens com serviços do Facebook, como Messenger e WhatsApp, e funcionará com uma conexão celular para não precisar de um smartphone, na teoria.


Recursos de saúde, como opções para rastrear exercícios com amigos ou se comunicar com treinadores, serão incluídos, e o relógio poderá se conectar a serviços fornecidos por empresas de saúde e fitness, como a Peloton. O relógio do Facebook deve executar uma versão do software Android, do Google.


O Facebook planeja vender o relógio inteligente perto de seu custo de produção, que também é o que já faz com seu headset Oculus, de realidade virtual. Não há nenhuma informação sobre qual será o preço, mas os produtos concorrentes variam de US$ 150 a US$ 400 em média.


Não é provável que um relógio inteligente do tio Mark se dê bem no mercado com aqueles que têm preocupações com a coleta de dados do Facebook. A Amazon lançou recentemente uma pulseira de fitness "Halo" que foi ridicularizada por sua invasividade. O Facebook já fabrica alguns produtos de hardware de consumo, incluindo os já mencionados dispositivos Oculus e tablets da linha Portal.


Um relógio inteligente do Facebook precisaria competir com o Apple Watch, que é o relógio mais comercializado do mundo, sendo mais vendido que todos os relógios suíços juntos. Na sexta-feira (12), uma notícia sugeriu que mais de 100 milhões de pessoas em todo o mundo possuem um Apple Watch. O Facebook também está trabalhando em seus próprios óculos inteligentes da marca Ray-Ban que competiriam com rumores de produtos similares vindos da Apple nos próximos anos, um headset de AR/VR (realidades virtual e aumentada) e o rumorado e tão esperado Apple Glass.


O objetivo do Facebook é começar a vender seu relógio inteligente no próximo ano, com uma segunda geração planejada para 2023. A informação diz que o desenvolvimento ainda está "longe", mas sempre há uma chance de o produto ser descartado.



Fontes: The Information e MacRumors

14/02/2021 - 19h11

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2021 © News On Apple. Todos os direitos reservados.