• Rafael de Angeli

Facebook prepara ação contra a Apple por recursos de privacidade do iOS 14

Mark Zuckerberg está achando que o mundo está do seu lado na loucura de ter controle total sobre os dados dos usuários de sua rede social.


O Facebook está supostamente planejando levar sua longa batalha com a Apple para os tribunais. O site The Information informa que o Facebook tem trabalhado com assessoria jurídica externa para preparar um processo antitruste contra a gigante de Cupertino alegando que a empresa “abusou de seu poder no mercado de smartphones, forçando os desenvolvedores de aplicativos a cumprirem as regras da App Store que os próprios aplicativos da Apple não precisam seguir”.


Citando pessoas familiarizadas com o assunto, o site explica que o processo do Facebook provavelmente se concentrará em parte nas mudanças que a Maçã introduziu no iOS 14. Isso inclui o recurso Transparência de Rastreamento de Aplicativos, que será lançado nos próximos meses e exigirá que os usuários permitam que os aplicativos os rastreiem.



O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, está tentando construir um amplo caso legal argumentando que as regras da Apple para desenvolvedores de aplicativos, que os forçam a usar o serviço de pagamento no aplicativo da Apple, por exemplo, tornam mais difícil competir com a Apple em áreas como jogos, mensagens e compras. O próprio processo do Facebook, caso se materialize, deve se concentrar em parte na grande atualização mais recente que a Apple fez em seu sistema operacional móvel, iOS 14, que lançou em setembro, de acordo com duas pessoas com conhecimento do assunto.

A notícia adverte, no entanto, que o Facebook pode não acabar entrando com a ação antitruste contra a Apple. Na verdade, os executivos do Facebook estão “enfrentando resistência interna” dos funcionários sobre a possível ação contra a Maçã.


Internamente, no entanto, os funcionários do Facebook expressaram ceticismo ao travar uma batalha de alto nível contra a Apple, de acordo com quatro pessoas familiarizadas com o assunto. Alguns funcionários estão preocupados que o Facebook não seja uma vítima convincente, dadas as próprias questões legais da empresa e o manuseio incorreto dos dados dos usuários.

No entanto, não deve ser necessariamente surpreendente ver o Facebook pelo menos considerando a possibilidade de levar a Apple ao tribunal. No mês passado, a empresa se ofereceu para ajudar a Epic Games em sua batalha contra a gigante de Cupertino, fornecendo documentos internos.


O Facebook e a Apple estão envolvidos em uma batalha pública pela privacidade há anos. A Apple criticou o Facebook por coletar “o máximo de dados possível dos usuários” e apresentou seus recursos focados na privacidade como uma maneira de “apoiar nossos usuários” contra empresas como o Facebook.


Enquanto isso, o Facebook criticou a Apple com um anúncio de página inteira em jornais dos Estados Unidos devido às novas diretrizes da App Store. Nesta semana, Mark Zuckerberg acusou a Maçã de ter “incentivo para interferir” no Facebook por razões competitivas.



Fontes: The Information e 9TO5Mac

29/01/2021 - 9h07