top of page
  • Foto do escritorRafael de Angeli

Apple estaria trabalhando em Inteligência Artificial semelhante ao ChatGPT para a Siri

A Apple está testando conceitos de AI (Inteligência Artificial) generativa que podem um dia ser destinados à Siri, apesar dos problemas fundamentais com a forma como a assistente virtual é construída, de acordo com o The New York Times.


Os funcionários da Maçã aparentemente foram informados sobre o grande modelo de linguagem da Apple e outras ferramentas de Inteligência Artificial no encontro anual de AI da empresa no mês passado. Os engenheiros da Apple, incluindo membros da equipe da ‌Siri‌, têm testado conceitos de geração de linguagem "toda semana" em resposta ao surgimento de chatbots como o ChatGPT.


As tecnologias de AI de última geração destacaram como a ‌Siri‌, Alexa e outros assistentes de voz desperdiçaram sua liderança na corrida da Inteligência Artificial, explica a notícia. A ‌Siri‌, em particular, enfrentou vários obstáculos para melhorias significativas. John Burkey, ex-engenheiro da Apple, que trabalhou na ‌Siri‌ e foi responsável por melhorá-la em 2014, explicou que a assistente é construída em "código desajeitado que levou semanas para atualizar com recursos básicos".


Seu "design pesado" tornava muito difícil para os engenheiros adicionar novos recursos. O banco de dados da ‌Siri, por exemplo,‌ contém uma grande lista de frases em quase duas dúzias de idiomas, tornando-a "uma grande bola de neve". Se alguém quiser adicionar uma palavra ao seu banco de dados, Burkey acrescentou, "vai em uma grande pilha [um monte de coisas]". Isso significa que atualizações simples, como adicionar novas frases ao conjunto de dados, exigem a reconstrução de todo o banco de dados ‌da Siri‌, o que pode levar até seis semanas. Adicionar recursos mais complicados, como novas ferramentas de pesquisa, pode levar até um ano inteiro.


Como resultado, não havia caminho para a ‌Siri‌ se tornar uma "assistente criativa" como o ChatGPT, acredita Burkey. No início desta semana, a OpenAI revelou o GPT-4, seu mecanismo de Inteligência Artificial de próxima geração, permitindo respostas ainda mais avançadas do ChatGPT.



Na semana passada, o site taiwanês DigiTimes informou que o crescente interesse em AI generativa catalisada pelo ChatGPT motivou uma reavaliação de como a tecnologia é desenvolvida em grandes empresas como a Apple, Meta e Amazon, que estão supostamente fazendo esforços para garantir que a Microsoft não mantenha sua liderança na tecnologia. A Apple e a Tesla, em particular, estariam reconsiderando sua abordagem à Inteligência Artificial.



Fontes: The New York Times, DigiTimes e MacRumors

17/3/2023 - 4h21

Comentarios


bottom of page