top of page
  • Foto do escritorRafael de Angeli

Young: iPad de 14" sem tela mini-LED e sem ProMotion será lançado no início de 2023

Na semana passada, Ross Young disse que a Apple poderia lançar um iPad Pro de 14″ já no próximo ano. Agora, o analista (e leaker) corrigiu as informações relatando que a Maçã pode não estar preparando um novo modelo Pro, mas um iPad comum.


O analista compartilhou as informações para seus Super Followers (com assinatura paga) no Twitter. Segundo Young, o iPad de 14,1″ não terá tela mini-LED, que é o principal diferencial do iPad Pro de 12,9 polegadas em relação a todos os outros tablets. Ele diz que será “de LED normal” e que a tecnologia ProMotion não estará disponível com este tablet.


"Surpreendentemente, confirmamos que o iPad de 14,1" não terá mini-LEDs. (…) Também não será ProMotion depois de conversar com fornecedores de telas. Portanto, provavelmente não será um iPad Pro, apenas um iPad. O primeiro trimestre de 23 ainda parece provável".

Se o rumor se concretizar, seria estranho a Apple lançar um tablet maior que não seja um iPad Pro, embora faça sentido com o comentário deste fim de semana de Mark Gurman, da Bloomberg. Segundo o jornalista, a Apple lançará novos modelos do iPad Pro ainda este ano.


"Depende de como você define 'em breve'. Se em breve for setembro ou outubro, então sim. E estou ansioso por isso. Meu iPad Pro 2020 com um [chip] A12Z já está mostrando sua idade (incrível como isso funciona) - e não suporta os recursos multitarefa mais recentes. Na verdade, carreguei o iPadOS 16 no meu iPad Pro e realmente não consigo encontrar nada de novo. Para o próximo iPad Pro, espere chips M2, carregamento sem fio e atualizações no sistema de câmeras".


Em um outro tweet, Ross Young disse que "tanto os fornecedores de telas quanto os de LED confirmaram" este iPad de 14". Ele explica que "passar de 10 para 14 polegadas é um grande salto. Os preços das telas de 10 polegadas em 2022 não serão muito diferentes dos de 14 polegadas em 2023, então podem ter um preço baixo". Sobre um iPad Pro com 14 polegadas, ele diz que "os mini-LEDs teriam aumentado muito o preço".


Novo iPad de entrada terá chip A14, 5G e USB-C



No início deste ano, o site 9to5Mac informou que a Apple estava trabalhando em uma nova geração do iPad Air com chip M1 e suporte 5G. E o rumor estava certo. O site agora alega que a Maçã planeja atualizar o iPad básico com o chip A14 Bionic, 5G e, pela primeira vez, conectividade USB-C.


O iPad básico de entrada, que atualmente é vendido com preços a partir de US$ 329 nos Estados Unidos e R$ 3.790 no Brasil, é o tablet mais acessível disponível na linha. Por esse motivo, a Apple optou por mantê-lo com exatamente o mesmo design dos modelos mais antigos, com uma porta Lightning em vez do USB-C mais moderno.


iPad de 10ª geração


Este ano, a Apple vem trabalhando em atualizações mais significativas para seu iPad mais barato. O 9to5Mac revela que o novo iPad de 10ª geração (codinome J272) contará com uma porta USB-C em vez de Lightning, o que significa que a empresa finalmente planeja trazer o USB-C para toda a linha de tablets, já que o iPad Pro foi atualizado com USB-C em 2018, o iPad Air em 2020 e o iPad mini em 2021.


Atuais iPad Pro, iPad Air, iPad e iPad mini

Ter USB-C abre um mundo de possibilidades para usuários de iPad, pois o conector suporta velocidades de transferência mais rápidas e até uma variedade maior de periféricos, enquanto o conector Lightning ainda é baseado no padrão USB 2.0 mais lento e precisa de adaptadores para quase tudo. Com o USB-C, os usuários de iPad de nível básico também poderão conectá-lo facilmente a monitores externos mais modernos, como o Studio Display da própria Apple.


De acordo com o site, o iPad básico apresentará uma tela Retina com a mesma resolução do iPad Air. A atual 9ª geração do iPad tem uma tela LCD (retroiluminada por LED com tecnologia IPS) de 10,2 polegadas. Podemos esperar um pequeno aumento de tela para 10,5 ou até 10,9 polegadas. No entanto, especificações mais modernas, como ampla gama de cores com DCI-P3 e brilho mais alto, permanecerão exclusivas dos iPads mais caros.


Espera-se que o iPad de 10ª geração seja equipado com o chip A14 Bionic, do iPhone 12, o mesmo que o iPad Air de 4ª geração. Comparado ao A13 Bionic, que é usado no atual iPad de entrada, os ganhos de desempenho devem ficar em torno de 30%. A Apple também adicionará suporte à rede 5G para modelos Wi-Fi + Cellular.


Infelizmente não há informações sobre se o novo iPad de 10ª geração continuará com o mesmo design antigo ou se a Apple mudará para um layout mais moderno, combinando com o iPad Air, iPad mini e iPad Pro. Mas com base nos rumores sobre a nova tela e o conector, a mudança de design parece provável. Ele deve ser lançado em algum momento ainda este ano. Nos anos anteriores, a Apple anunciou novos iPads de entrada junto com novos iPhones.


iPad Pro


Conceito: Volodymyr Lenard (@vovalenard)

Há rumores de que a Apple também apresentará novos modelos do iPad Pro ainda em 2022. A próxima geração do iPad Pro deve ser equipada com chip M2 e, conforme rumores, poderá apresentar carregamento sem fio MagSafe.



Fontes: Bloomberg e 9to5Mac

15/6/2022 - 9h10

bottom of page