• Rafael de Angeli

Vendas de iPhones caem 8% no primeiro trimestre, enquanto as de smartphones caem 20%

As vendas globais de iPhones caíram 8,2%, enquanto as vendas globais de smartphones caíram 20,2%.


As vendas de iPhones caíram 8,2% no primeiro trimestre de 2020, de acordo com novos dados compartilhados ontem pela Gartner.


A Apple vendeu cerca de 40,92 milhões de smartphones durante o trimestre, uma queda de 3,7 milhões em relação aos 44,57 milhões vendidos no mesmo período de 2019.


Outros fabricantes de smartphones viram quedas muito mais acentuadas. As vendas da Samsung, por exemplo, caíram 22,7% e as da Huawei, 27,3%. A Xiaomi foi a única fabricante de smartphones que registrou um ligeiro aumento de 1,4%, com o mercado geral de smartphones caindo 20,2%.



Anshul Gupta, analista sênior de pesquisa da Gartner:

"A pandemia do coronavírus causou o pior declínio do mercado mundial de smartphones. A maioria das principais fabricantes chinesas e a Apple foram severamente impactadas pelo fechamento temporário de suas fábricas na China e pela redução dos gastos dos consumidores devido às quarentenas e distanciamentos sociais locais”.

A Apple, no início de fevereiro, foi forçada a fechar todas as suas lojas de varejo na China e, em seguida, o restante de suas lojas em todo o mundo foi fechada em meio à pandemia.


As lojas na China começaram a reabrir no final de fevereiro e, em meados de março, todos os locais de varejo na China estavam operando novamente, bem a tempo das outras lojas da Apple fecharem em 14 de março.


Leia também:

- Apple fecha todas as lojas ao redor do mundo e doa mais de US$15 milhões para a causa do coronavírus


A Maçã está reabrindo lentamente suas lojas fora da China desde o início de maio e, embora nem todos os locais tenham sido reabertos, cerca de 100 lojas nos Estados Unidos estão funcionando para reparos e pickups (retirada de produtos vendidos on-line), além de lojas em países como Austrália, Canadá, Itália e Alemanha reabrirem.


Annette Zimmermann, vice-presidente de pesquisa da Gartner:

"A Apple teve um forte início de ano, graças à sua nova linha de produtos que teve forte impulso global. Se o COVID-19 não acontecesse, provavelmente teria visto suas vendas de ‌iPhones‌ atingirem um nível recorde no trimestre. O declínio dos gastos do consumidor interrompeu essa tendência positiva em fevereiro. A capacidade da Apple de atender clientes através de suas lojas on-line e sua produção retornando a níveis quase normais no final de março ajudaram a recuperar parte do impulso positivo inicial".

Em abril, a Apple divulgou seus resultados financeiros do segundo trimestre fiscal de 2020, o que corresponde ao primeiro trimestre do ano. A empresa registrou receita de US$ 58,5 bilhões, um pouco acima dos US$ 58 bilhões em receita gerada durante o mesmo período de 2019.


Saiba mais:

- Apple tem receita de US$ 58,3 bilhões no 2º trimestre fiscal de 2020

- iPhone 11 foi o smartphone mais vendido do mundo no primeiro trimestre de 2020



Fonte: MacRumors

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.