• Rafael de Angeli

Apple fecha todas as lojas ao redor do mundo e doa mais de US$15 milhões para a causa do coronavírus

São quase 470 lojas que ficarão sem funcionamento até o dia 27 de março.


A Apple decidiu fechar todas as suas lojas ao redor do mundo, com exceção da China, por conta da pandemia do coronavírus.


O próprio Tim Cook, CEO da Apple, fez um comunicado em sua conta oficial do Twitter:

“Em nossos locais de trabalho e comunidades, devemos fazer o possível para impedir a propagação da COVID-19. A Apple fechará temporariamente todas as lojas fora da Grande China até 27 de março e comprometerá US$ 15 milhões para ajudar na recuperação mundial”.

Em um comunicado oficial, Cook informou que todos os milhares de empregados da Apple receberão seus salários normalmente, mesmo com as lojas fora de funcionamento.


A gigante de Cupertino também dobrará todas as doações feitas por seus funcionários para o combate do coronavírus. Até o momento, a empresa já destinou US$15 milhões para a causa.


“As doações comprometidas da Apple à resposta global COVID-19 - tanto para ajudar a tratar as pessoas doentes quanto para diminuir os impactos econômicos e comunitários da pandemia - atingiram hoje US$ 15 milhões em todo o mundo. Também estamos anunciando que estamos equiparando nossas doações de funcionários ‘duas a uma’ para apoiar os esforços de resposta do COVID-19 local, nacional e internacionalmente”.

A Apple sempre se preocupa com seus funcionários e é extremamente ligada a todas as causas mundiais, fazendo doações milionárias a todas elas. Muitas grandes empresas poderiam e deveriam seguir o exemplo da Maçã.


Pelo visto, a loja online da Apple deve faturar como nunca, tanto pelo site quanto pelo app Apple Store!

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.