• Rafael de Angeli

Apple tem receita de US$ 58,3 bilhões no 2º trimestre fiscal de 2020

Com lucro de US$ 11,2 bilhões e receita de US$ 58,3 bilhões, a Maçã bate recorde histórico de receita de serviços.


A Apple anunciou os resultados financeiros do segundo trimestre fiscal de 2020, o que corresponde ao primeiro trimestre do ano.


No trimestre, a empresa registrou receita de US$ 58,3 bilhões e lucro líquido de US$ 11,2 bilhões, ou US$ 2,55 por ação diluída, em comparação com receita de US$ 58,0 bilhões e lucro trimestral líquido de US$ 11,6 bilhões, ou US$ 2,46 por ação diluída, no mesmo trimestre de 2019.


A margem bruta do trimestre foi de 38,4%, contra 37,6% no mesmo trimestre do ano passado, com vendas internacionais representando 62% da receita. A gigante de Cupertino também declarou um aumento no pagamento de dividendos trimestrais de US$ 0,82 por ação, acima dos US$ 0,77. O dividendo é pago em 14 de maio aos acionistas registrados em 11 de maio.


Além do aumento no pagamento de dividendos, a Apple diz que autorizou outros US$ 50 bilhões para recompras de ações.



A empresa anunciou, em meados de fevereiro, que não atenderia às diretrizes financeiras anunciadas anteriormente, de US$ 63 a US$ 67 bilhões em receita para o trimestre devido ao impacto do coronavírus (COVID-19), que, naquele momento, envolvia amplamente problemas de produção e demanda na China.


A Maçã não emitiu orientações revisadas, na época, e a epidemia se espalhou rapidamente por todo o mundo, resultando em ainda mais desafios para a Apple ao fechar suas lojas de varejo, dizer à maioria de seus funcionários para trabalhar em casa e experimentar uma demanda reduzida do consumidor por muitos produtos em meio à incerteza econômica.


"Apesar do impacto global sem precedentes do COVID-19, estamos orgulhosos de informar que a Apple cresceu no trimestre, impulsionada por um recorde de todos os tempos em Serviços e um recorde trimestral de Wearables (vestíveis)”, disse Tim Cook, CEO da Apple. “Nesse ambiente difícil, nossos usuários dependem dos produtos da Apple de maneiras renovadas para permanecerem conectados, informados, criativos e produtivos. Sentimo-nos motivados e inspirados a não apenas continuar atendendo a essas necessidades de maneiras inovadoras, mas a continuar retribuindo para apoiar a resposta global, das dezenas de milhões de máscaras faciais e escudos faciais personalizados que enviamos aos profissionais médicos de todo mundo, aos milhões que doamos a organizações como o Global Citizen e o America's Food Fund”.

Números por segmento:


  • iPhone: US$ 29 bilhões (-6,8%)

  • Mac: US$ 5,4 bilhões (-1,8%)

  • iPad: US$ 4,4 bilhões (-10,2%)

  • Vestíveis, Casa e Acessórios (aqui entra o Apple Watch): US$ 6,3 bilhões (+23,5%)

  • Serviços: US$ 13,3 bilhões (+15,7%)



Fonte: MacRumors

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.