• Rafael de Angeli

TSMC, fornecedora da Apple, prepara chips de 2 nanômetros para 2024

A TSMC, fornecedora da Apple, está planejando fabricar chips com um processo de fabricação de 2nm até 2024, de acordo com o Nikkei Asia.

"TSMC Fab 18", em Taiwan, é a principal instalação de produção de 5 e 3 nanômetros

A TSMC planeja construir uma nova fábrica em 50 acres de terra (cerca de 202.343 metros quadrados) para chips de 2 nanômetros em Hsinchu, em Taiwan, com início das operações de fabricação programadas para 2024. A construção foi liberada para começar no início de 2022, com equipamentos sendo instalados em 2023.


Para contextualizar, se a Apple continuar com seu sistema de nomenclatura atual para seus chips de silício customizados (Apple Silicon), podemos esperar que os primeiros processadores de 2nm da Maçã sejam o "A18" ou o "M5". Embora não tenha havido nenhum relato de que a empresa planeja mudar para um processo de 2nm ainda, parece inevitável que a gigante de Cupertino o faça em conjunto com a TSMC, uma vez que é a única fornecedora de processadores da Apple com uma capacidade de fabricação expansiva.


As capacidades de fabricação da TSMC também são consideravelmente mais avançadas do que empresas rivais como a Intel, que têm enfrentado atrasos e estagnação com processos de fabricação mais antigos, permitindo que a Apple, como uma importante cliente da TSMC, mantenha uma vantagem competitiva com seus próprios chips. No início desta semana, a Intel anunciou planos de fazer chips para a Qualcomm.



Os chips A14 e M1 foram lançados em dispositivos no final do ano passado e foram os primeiros processadores da Apple a serem fabricados com um processo de fabricação de 5nm. Acredita-se que a Maçã já tenha feito um pedido com a TSMC para chips de 4nm, possivelmente para o "iPhone14", que devem começar a produção ainda este ano, à frente da fornecedora oferecendo chips de 3nm a partir de 2022, possivelmente para um novo iPad Pro. Os chips de 2nm em 2024 seriam outra progressão deste processo de miniaturização.


A TSMC está passando por uma rápida expansão global para atender a demanda, construindo uma instalação de chips de 5nm no Arizona e expandindo sua fábrica de 28nm em Nanjing, na China, enquanto também avalia a possibilidade de abrir novas fábricas no Japão e na Alemanha.

Fontes: Nikkei Asia e MacRumors

28/07/2021 - 22h44