top of page
  • Foto do escritorMarcelo Dada

Scary fast: Apple apresenta seus novos chips M3, M3 Pro e M3 Max

Com a arquitetura de 3 nanômetros, a nova era de chips Apple Silicon é inaugurada: o aguardado chip M3 é lançado juntamente com os robustos M3 Pro e M3 Max.

Linha de chips M3

No evento Scary fast (Vai Arrepiar), realizado em 30 de outubro, a Apple revelou sua mais recente linha de chips Apple Silicon: M3, M3 Pro e M3 Max. Estes chips, fabricados com tecnologia de três nanômetros e uma arquitetura de GPU inovadora, representam um salto expressivo na capacidade de processamento, fundamentalmente para as linhas de computadores da empresa que passaram a ser equipadas com os novos chips: o iMac e o MacBook Pro. É previsto que a Apple incorpore esses chips em outros dispositivos em breve.


M3: A nova base de desempenho


O chip M3 é projetado para lidar com atividades diárias com eficiência, permitindo multitarefa fluida, mesmo durante chamadas de vídeo intensivas. Ele é equipado com uma CPU de 8 núcleos e uma GPU de 10 núcleos, suportando até 24 GB de memória unificada.


Linha de chips M3

Em comparação com modelos anteriores, o M3 é até 17 vezes mais rápido que os modelos Intel e 5,1 vezes mais rápido que o M1.


M3 Pro: Potência elevada


Expandindo as capacidades do M3, o chip M3 Pro é ideal para profissionais que lidam com tarefas mais exigentes, como programação, design gráfico e edição de vídeo. Com uma CPU de até 12 núcleos e GPU de até 18 núcleos, ele suporta até 36 GB de memória unificada. Além disso, é compatível com até dois monitores externos.


Linha de chips M3

Em termos de velocidade, é até 5,7 vezes mais rápido que os modelos Intel e 2,4 vezes mais rápido que o chip M1 Pro.


M3 Max: O ápice da performance

Para os profissionais que necessitam do máximo em desempenho, o M3 Max é a escolha ideal. Ele é projetado para lidar com os fluxos de trabalho mais intensos, desde a renderização 3D até a edição de vídeos em altíssima resolução.


Linha de chips M3

Equipado com uma CPU de até 16 núcleos e uma GPU de até 40 núcleos, o M3 Max suporta uma impressionante memória unificada de até 128 GB. Ele também é compatível com até quatro monitores externos. Em comparações de desempenho, o M3 Max é até 11 vezes mais rápido que os modelos Intel e 2,5 vezes mais rápido que o chip M1 Max.


Avanços tecnológicos nos Novos Chips


Os chips recém-introduzidos pela Apple trazem consigo uma série de inovações. Uma delas é o Dynamic Caching, que, ao contrário das GPUs que conhecemos, ajusta a memória local de forma direta e adaptativa, assegurando uma utilização otimizada conforme a necessidade.


Linha de chips M3

O Ray Tracing acelerado por hardware é outro ponto, proporcionando a criação de imagens com um grau de realismo e precisão absurdamente avançados. A tecnologia, aliada à arquitetura gráfica renovada, impulsiona a eficácia de aplicativos especializados, atingindo um nível de velocidade muito superior quando se compara com a geração anterior de chips M1. No universo dos jogos eletrônicos, essa característica aprimora a representação de sombras e reflexos, proporcionando uma experiência mais imersiva e verossímil.


Linha de chips M3

A adição do sombreamento de malha acelerado por hardware amplifica a habilidade de processar detalhes geométricos, enriquecendo a complexidade visual em jogos e programas com demandas gráficas elevadas. Esta evolução na GPU assegura tais melhorias sem comprometer a eficiência no consumo de energia.


Por fim, é imperativo salientar que os chips M3, M3 Pro e M3 Max incorporam um motor de mídia avançado, apto a codificar e decodificar vídeos em formatos como H.264, HEVC, ProRes e, recentemente, AV1. Esta característica possibilita a execução de múltiplos vídeos em resoluções 4K e 8K ProRes de forma eficiente.


Linha de chips M3

Os novos chips, com sua arquitetura de 3 nanômetros, sinalizam uma evolução impressionante, mas ao mesmo tempo notável na esfera do processamento tecnológico. A presença desses chips no mercado reflete a abordagem da Apple em atender às necessidades contemporâneas, sobretudo a de conferir coerência com os seus disposivos mais populares e que pareciam abandonados.


Vamos acompanhar quais estratégias a empresa adotará para equipar toda a sua linha de computadores, se esses chips estarão disponíveis em dispositivos como o iPad e o Apple Vision Pro, que ainda não foi lançado no mercado e foi anunciado equipado com o chip M2.


Linha de chips M3


Fontes: Apple e 9to5Mac

31/10/2023 - 00h10

Comments


bottom of page