top of page
  • Foto do escritorMarcelo Dada

Review: Silo norteia a nossa própria sociedade em camadas de mentira, mistério, poder e medo

A brilhante atuação de Rebecca Ferguson e a sinfonia visual imersiva e, portanto, angustiante, promovida pelo Apple TV+, compõem a experiência distópica perfeita de 2023.

Cartaz oficial de Silo.

Sinopse


Em Silo somos apresentados às últimas dez mil pessoas na Terra, que vivem em um misterioso silo subterrâneo, protegendo-se do perigoso mundo exterior. Os habitantes são levados ao entendimento de que o ar e as condições fora da grande estrutura são tóxicas e incompatíveis com a vida. Porém, a construção e propósito desse silo são desconhecidos e envoltos em segredo. Aqueles que se atrevem a investigar as origens do local enfrentam consequências fatais.


Juliette (Rebecca Ferguson) é uma engenheira determinada e está em busca de respostas após o assassinato de alguém especial. Ao longo de sua jornada, Juliette se depara com um mistério que vai além de suas expectativas, revelando uma realidade assustadora e perigosa. Nesse mundo enigmático, onde a verdade pode ser tão mortal quanto a mentira, a engenheira descobre que desvendar os segredos do silo pode colocar sua própria vida em risco.


Sobre a Série (Silo)


Silo é uma série criada por Graham Yost, um renomado roteirista e produtor que já deixou sua marca em séries aclamadas, como Justified, The Commons, The Americans e Falling Skies. Nessa nova empreitada, Yost utiliza o conceito de destruição e catástrofe ambiental como ponto de partida para explorar temas mais profundos. No entanto, Silo não se limita a debates literais sobre o meio ambiente, preferindo mergulhar em questões de poder, conhecimento e controle, revelados através do medo.


Cena da série Silo.

No universo de Silo, uma sociedade vive sob um sistema autoritário há 140 anos, após uma rebelião cujas origens são envoltas em mistério. As leis que governam essa sociedade são obscuras e pouco explicadas, criando um ambiente opressivo para os sobreviventes. É nesse cenário que acompanhamos Juliette, interpretada por Rebecca Ferguson (Duna), uma engenheira determinada a desvendar um caso de assassinato, e cujas investigações a levam a descobrir uma trama muito além do que imaginava, onde a realidade e a mentira podem ser igualmente mortais.


Com um elenco de peso encabeçado por Rebecca Ferguson e David Oyelowo, Silo apresenta um sci-fi distópico que flerta com elementos de experimentos sociais. A série é visualmente marcante, com um design de produção meticuloso que utiliza tons terrosos para transmitir a sensação de sujeira, poeira e abandono, mergulhando o público em uma atmosfera potencialmente imersiva. Embora possa ter um ritmo mais lento nos primeiros episódios, Silo mantém o espectador envolvido através de gatilhos narrativos que são cuidadosamente revelados, fazendo a trama se desdobrar gradualmente, em uma expectativa e tensão crescentes a cada episódio.


Cena da série Silo.

Sob o olhar da produção executiva e da concepção de Graham Yost, Silo se apresenta como uma narrativa repleta de possibilidades, onde os personagens são conectados por inúmeras perguntas sem resposta. A série desafia a curiosidade do público, mantendo o espectador ansioso por revelações que parecem estar sempre um passo à frente. O enredo sombrio e pulsante da obra cativa, jogando com a mente do espectador e revelando novas camadas do universo da série à medida que a trama se desenrola.


Cena da série Silo.

Com personagens intrigantes, a produção se destaca pela sua direção estilizada, que acentua o tom sombrio e a frieza dessa sociedade distópica. A série se revela como uma das grandes surpresas de 2023, graças ao talento de Yost e de toda a equipe em conduzir o público por uma jornada intrigante, repleta de reviravoltas. Silo é um testemunho do compromisso do Apple TV+ em oferecer produções de qualidade, com uma abordagem minimalista que ressalta a excelência em cada detalhe.



No dia 14 de junho, a Apple anunciou, através do Twitter, que a série foi renovada para uma segunda temporada. Baseada na trilogia de livros de Hugh Howey, a produção estreou no Apple TV+ em 5 de maio. A primeira temporada, composta por 10 episódios, será concluída no dia 30 de junho.


Elenco e Equipe Técnica


Elenco: Rebecca Ferguson, Common, Harriet Walter, Chinaza Uche, Avi Nash, David Oyelowo, Rashida Jones e Tim Robbins.

Criação original: Graham Yost.

Direção: Morten Tyldum.

Produção Executiva: Graham Yost, Hugh Howey, Rebecca Ferguson, Nina Jack, Fred Golan, Rémi Aubuchon, Ingrid Escajeda e Morten Tyldum.


Trailer




Avaliação


A avaliação pontua de 0 a 2 para cada critério e o somatório representa uma nota atribuída para a produção.

Série: Silo (2023)

Nota/Pontuação:

Elenco e Atuação

1,8

Roteiro

1,8

Direção Técnica e Autoria

1,8

Cenário e Fotografia

2,0

Sonoplastia

1,8

Nota Final da Equipe News On Apple

9,2


Sobre o AppleTV+


Logo do Apple TV+ na cor azul.

O AppleTV+, o primeiro serviço de filmes e programas totalmente originais por assinatura daApple, oferece vários filmes e séries premiados e inspiradores e esportes. Os assinantes podem assistir aos AppleTV+ Originals online, offline e sob demanda, no app Apple TV, que já vem instalado no iPhone, iPad, AppleTV, iPod touch e Mac. O conteúdo também está disponível em tv.apple.com/br. O app AppleTV também está disponível em smartTVs selecionadas, incluindo Samsung, LG, Panasonic, Sony, TCL, VIZIO e outras, aparelhos AmazonFireTV e Roku, consoles de jogos PlayStation e Xbox, Chromecast com GoogleTV e decodificadores, incluindo Sky Q, SK Broadband e Comcast Xfinity. Para mais informações,visite apple.com/br/apple-tv-app.

22/6/2023 - 8h12

Comments


bottom of page