• Rafael de Angeli

Kuo: iPhone 13 terá baterias maiores, notch menor, tela de 120 Hz nos modelos Pro e mais

O famoso e conceituado analista trouxe suas previsões para a próxima linha de smartphones da Apple, que deve ser lançada entre setembro e outubro.

Conceito: Apple Insider

Todos os modelos do iPhone 13 (ou 12S) terão um notch menor, enquanto os dois modelos Pro serão equipados com tecnologia de tela LTPO de baixa potência para uma taxa de atualização de 120 Hz, disse o analista Ming-Chi Kuo em nota divulgada pelo site MacRumors. A tecnologia LTPO já é usada nas telas do Apple Watch desde o modelo Series 5, trazendo economia no uso da bateria.


Várias outras fontes afirmaram, anteriormente, que alguns modelos do iPhone 13 vão suportar uma taxa de atualização de 120 Hz, incluindo o analista Ross Young, da indústria de monitores, os leakers Jon Prosser e Max Weinbach, entre outros. O iPad Pro já tem uma tela "ProMotion”, desde 2017, com uma taxa de atualização variável de até 120 Hz, que ajusta dinamicamente a exibição ao movimento do conteúdo para uma rolagem fluida, maior capacidade de resposta e movimentos mais suaves. A taxa de atualização da tela do iPad Pro‌ muda rapidamente, por exemplo, dependendo do que está sendo visualizado, o que economiza bateria. Se você estiver assistindo a um filme ou jogando, a taxa de atualização é de 120 Hz, mas se estiver lendo uma página da Web ou olhando uma foto, não precisará de uma taxa de atualização máxima, sendo ajustada automaticamente de acordo. Essa adaptabilidade significa que a taxa de atualização também corresponde ao conteúdo visualizado com mais precisão, eliminando trepidações e distorções.


Kuo disse que a linha do próximo smartphone da Maçã consistirá nos mesmos quatro modelos do iPhone 12 (13 mini, 13, 13 Pro e 13 Pro Max, se nada mudar nas nomenclaturas), todos com um conector Lightning e com modem Snapdragon X60 da Qualcomm, que oferece várias melhorias de rede 5G.


Conforme rumores anteriores, Kuo disse que a estabilização de imagem com deslocamento de sensor do iPhone 12 Pro Max se expandirá para toda a linha iPhone 13. Ele também espera que os modelos 13 Pro e 13 Pro Max apresentem uma lente de câmera ultra-angular atualizada com uma abertura maior de ƒ/1.8 e autofoco, em comparação com ƒ/2.4 nos modelos do iPhone 12, como disseram os analistas do Barclays no mês passado.


Kuo previu, anteriormente, que pelo menos um modelo topo de linha apresentaria um design sem porta em 2021, mas sua nova nota afirma que "não haverá design sem porta" neste ano, com o conector Lightning permanecendo.


"Se o iPhone abandonar o Lightning no futuro, ele pode adotar diretamente o design sem porta com suporte MagSafe em vez de usar uma porta USB-C", escreveu Kuo, observando que o USB-C é menos à prova d'água que o Lightning. "No momento, o ecossistema MagSafe não está maduro o suficiente, então o iPhone continuará a usar a porta Lightning em um futuro previsível".

Todos os quatro modelos do iPhone 13 terão maior capacidade de bateria em comparação com a linha iPhone 12, de acordo com Kuo, graças às opções de design que economizam espaço, como a integração do slot do cartão SIM com a placa lógica e a redução da espessura de alguns componentes do Face ID. As baterias maiores tornarão todos os modelos um pouco mais pesados, disse o analista.


Kuo afirma que o scanner LiDAR permanecerá limitado aos modelos 13 Pro e 13 Pro Max, descartando o rumor de que seria expandido para toda a linha.


Kuo acrescentou que a gigante de Cupertino não planeja lançar um novo iPhone SE até o primeiro semestre de 2022, mas disse que o novo modelo terá um design semelhante ao iPhone SE de 4,7 polegadas já existente, com novos recursos importantes, incluindo um chip mais rápido e suporte ao 5G.



Fonte: MacRumors

03/02/2021 - 16h17