• Rafael de Angeli

iPhone 14 pode ter somente SIM eletrônico, como Steve Jobs gostaria que fosse no iPhone original

Rumores sugerem que a Apple pode lançar, em breve, um iPhone sem slot físico para cartão SIM, e se isso se concretizar, a empresa estaria realizando a visão de Steve Jobs para o ‌iPhone‌ original, de acordo com Tony Fadell, o ex-vice-presidente do iPod.

Imagem/Reprodução: iFixit

Fadell foi recentemente entrevistado pela jornalista Joanna Stern para um evento especial no Computer History Museum para promover seu novo livro "Build: An Unorthodox Guide to Making Things Worth Making", e durante a conversa Fadell revelou que Steve Jobs queria que o ‌iPhone‌ fosse um dispositivo perfeito, sem slot para chip (bandeja para cartão SIM).


Em vez de confiar na tecnologia celular GSM, Jobs aparentemente estava mais interessado em usar a CDMA para conectar iPhones a torres de celular e citou o uso incipiente da tecnologia pela Verizon, que permite que telefones compatíveis se conectem diretamente à rede da operadora.


Fadell disse que teve que mostrar dados de mercado para convencer o ex-CEO da Apple de que a adoção do CDMA era muito baixa para ser uma opção viável para o ‌iPhone‌.



No iPhone 4, lançado em 24 de junho de 2010, a Apple estreou uma versão CDMA para a rede americana Verizon, sem cartão SIM, no meio do ciclo do smartphone, em janeiro de 2011. O slot do cartão retornou no ‌iPhone‌ 4S, em outubro de 2011, equipado também com CDMA, mas a bandeja não era suportada pela Verizon.


No final do ano passado, o site MacRumors‌ afirmou que os modelos ‌do iPhone‌ 14 podem não ter um slot físico para cartão SIM em pelo menos alguns países e regiões. O site recebeu um documento aparentemente legítimo de um informante anônimo indicando que a Apple havia aconselhado as principais operadoras dos EUA a se prepararem para o lançamento de smartphones somente com a tecnologia eSIM em setembro de 2022.


Um eSIM é um SIM digital que permite aos usuários ativar um plano de celular sem ter que usar um cartão Nano SIM. É importante notar que o serviço eSIM não está disponível em todos os países, portanto, iPhones com slots para cartão SIM podem permanecer disponíveis em alguns mercados. A adoção está se expandindo rapidamente, com mais de 100 operadoras já oferecendo o serviço eSIM em todo o mundo e muitas outras planejando implementar o suporte ainda em 2022. No Brasil, a Claro chama seu eSIM de "Claro e-Chip". A TIM e a Vivo também suportam o eSIM. Todas disponibilizam a tecnologia para qualquer plano.


Dado o suposto prazo dos rumores para setembro de 2022, é possível que a Apple remova o slot físico do cartão SIM em alguns modelos do iPhone 14, mas nada ainda é definitivo. Como a tecnologia eSIM ainda não está disponível em todos os países, os iPhones vendidos em algumas áreas precisarão continuar oferecendo uma bandeja nano-SIM. Em países onde existe a funcionalidade eSIM, poderia ser opcional, com os consumidores ainda podendo escolher uma versão com chip de celular. Existem mais de 60 países que suportam eSIM, com uma lista disponível no site da Maçã.


Conceito/Reprodução: Technizo/HDblog

Espera-se que a Apple apresente os modelos do ‌iPhone 14‌ em um evento que provavelmente será realizado em setembro de 2022, se a gigante de Cupertino seguir os cronogramas de lançamento dos anos anteriores.



Fontes: 9to5Mac e MacRumors

17/5/2022 - 0h49