• Rafael de Angeli

'Apple Car' será totalmente autônomo, sem volante ou pedais, e deve ser lançado em 2025

A Apple está retomando seu trabalho em um carro e tem como objetivo criar um veículo totalmente autônomo, relata a Bloomberg. A empresa está "redirecionando" o projeto em torno de veículos totalmente autônomos, uma meta que outros fabricantes de automóveis não foram capazes de atingir.

Conceito/Reprodução: Internet

O trabalho em um "Apple Car" começou em 2014 e, desde então, o projeto passou por várias transformações. Em um ponto, rumores sugeriram que a Maçã abandonou seus planos para um veículo completo e se concentraria em software, mas outros rumores começaram a aumentar novamente em 2020. Agora ficou mais certo ainda de que a gigante de Cupertino pretende mesmo lançar seu próprio veículo.


Como a Bloomberg explica, a Apple trabalhou em dois caminhos, um com capacidade limitada de direção autônoma e um segundo com funcionalidade completa de direção autônoma que não requer intervenção humana, e a empresa agora buscará esse segundo caminho sob a liderança de Kevin Lynch, que se juntou ao projeto no início deste ano. A empresa atingiu um "marco" no desenvolvimento do sistema de carros autônomos e concluiu o trabalho principal no chip que dará energia ao primeiro modelo.


"O chip do carro da Apple é o componente mais avançado que a Apple desenvolveu internamente e é composto principalmente de processadores neurais que podem lidar com a inteligência artificial necessária para uma direção autônoma. As capacidades do chip significam que ele esquentará e provavelmente exigirá o desenvolvimento de um sofisticado sistema de resfriamento". "A esperança é desenvolver um veículo que evite que os clientes se cansem de dirigir em viagens longas. Mas construir um carro de verdade - para alguém de fora da indústria automobilística como a Apple - exigirá parcerias. A empresa discutiu acordos com vários fabricantes e considerou a possibilidade de construir o veículo nos Estados Unidos".

A Apple quer projetar um carro que não tenha volante ou pedais e com um interior voltado para a direção automática. A Bloomberg disse que a Maçã considerou um design semelhante ao Lifestyle Vehicle from Canoo, no qual os passageiros se sentam nas laterais do veículo, um de frente para o outro.


Lifestyle Vehicle from Canoo / Imagem: Reprodução/Carscoops

A Apple ainda está discutindo a inclusão de um volante, que pode ser necessário para que as pessoas possam assumir em uma situação de emergência. Um iPad poderia estar no meio do veículo, com o qual os passageiros teriam a possibilidade de interagir.


A gigante de Cupertino quer que seu carro seja mais seguro do que os fabricados pela Waymo e Tesla, com redundâncias e proteções contra falhas para evitá-las. O veículo será elétrico, com a Apple discutindo que seja compatível com o sistema de carregamento combinado para que os proprietários possam usar uma rede global de carregadores.


Usando SUVs Lexus equipados com scanners LiDAR e outros equipamentos, a Apple tem testado seu sistema autônomo. A Bloomberg diz que a empresa vai testar o novo processador que desenvolveu para esses carros junto com novos sensores de direção automática.


A Apple pretende lançar seu carro autônomo em quatro anos, por volta de 2025. Se a Maçã será capaz de atingir essa meta dependerá se ela conseguirá desenvolver um sistema autônomo completo. Se não for capaz de atingir seus objetivos, a empresa pode atrasar o lançamento ou vender um carro menos avançado tecnologicamente. O cronograma é agressivo e a Apple está aumentando as contratações para cumprir os prazos.



Fontes: Bloomberg e MacRumors

29/11/2021 - 23h25