• Rafael de Angeli

AAPL: preço das ações da Apple atinge novo recorde histórico mesmo em meio à COVID-19

Maior valor anterior foi registrado em 29 de janeiro.


Aproximadamente quatro meses depois de atingir a maior alta de todos os tempos, pouco antes de os mercados financeiros e as economias vacilarem diante da atual crise de saúde pública do novo coronavírus, o preço das ações da Apple retornou a esses níveis e estabeleceu hoje a maior alta de todos os tempos.

A alta intraday anterior da Maçã, período de negociação de um dia na bolsa de valores, de US$ 327,85, foi fixada em 29 de janeiro, e essa marca foi superada hoje, pois atingiu o valor recorde de US$ 331,50 (com alta de 2,85%), depois de atingir uma alta de US$ 331,75 pouco antes do fechamento. O preço das ações da Apple havia caído para US$ 212,61 em 23 de março, antes de iniciar uma marcha bastante estável de volta. A alta histórica de fechamento da empresa foi de US$ 327,20 em 12 de fevereiro.


Relembre:

- Coronavírus afeta agressivamente as ações da Apple (29 de fevereiro de 2020)

- AAPL: ações da Apple voltam ao patamar que valiam há 3 meses (10 de março de 2020)


A Apple subiu US$ 9,18 hoje, em meio a ganhos mais amplos do mercado, à medida em que os números de empregos nos Estados Unidos, para o mês de maio, divulgados também hoje, foram divulgados com um aumento inesperado.


O valor de mercado da gigante de Cupertino subiu para US$1,437 trilhão, continuando no topo como a empresa americana mais valiosa do mundo. Já a Microsoft segue na segunda colocação, valendo agora US$1,42 trilhão.


Leia também:

- Apple passa Microsoft e volta a ser a empresa mais valiosa do mundo

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.