• Edson Pieczarka Jr (Teco)

Coronavírus afeta agressivamente as ações da Apple

Ações da Maçã despencam mais de 20% desde janeiro.


As ações da Apple estão despencando diante do surto de coronavírus. Em 29 de janeiro, a AAPL atingiu um pico de US$ 327,85. Caiu para US$ 256 e subiu pouco, a US$ 257.


Conforme relatado pela CNBC:

As ações da Apple caíram na sexta-feira, agora sendo negociadas com mais de 20% abaixo em relação ao seu recorde recente em uma base intraday. Isso faz da fabricante do iPhone um dos membros mais afetados do Dow Jones Industrial Average devido ao coronavírus. A Apple atingiu uma alta histórica em 29 de janeiro, atingindo US$ 327,85 por ação. Na sexta-feira, as ações foram negociadas por mais de 4% negativo, em torno de US$ 261. Na última contagem, isso colocou 21% a menos de seu recorde.

Fonte: finance.yahoo.com

O preço das ações da Maçã já havia sofrido um grande aumento ao longo do ano passado, crescendo mais de 90% desde janeiro. No entanto, desde o início do surto de coronavírus, a AAPL hesitou e oscilou, e finalmente parece estar mergulhando, após relatos de atrasos na fabricação e na orientação revisada da própria Apple, avisando que não atenderá às previsões de receita do segundo trimestre.


A AAPL fechou em US$ 273,32 anteontem e ontem (28) se manteve a US$ 273,36.


Como observa a CNBC, todos no Dow Jones estão sentindo o calor. Todos os 30 membros do Dow estão em "território de correção", queda de pelo menos 10% em relação às 52WK High (52 semanas de alta). As maiores quedas são a Exxon Mobil Corporation (queda de 41,0% em relação à 52WK High) e Boeing (queda de 37,11%).


A Apple só pode realmente se consolar com o fato de não ser a única a sofrer e de haver sinais de que o surto de coronavírus, pelo menos na China, está começando a ficar sob controle.

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.