• Rafael de Angeli

Rumor: dois protótipos de iPhones dobráveis passam em testes internos de durabilidade

Testes de um sistema de dobradiça projetado pela Apple para dois iPhones diferentes foram recentemente concluídos na fábrica da Foxconn em Shenzhen, China, de acordo com o site taiwanês Economic Daily News (UDN).

Conceito: The Apple Scoop

O primeiro iPhone dobrável a ser testado é um modelo de tela dupla, provavelmente o mesmo protótipo rumorado pelo leaker Jon Prosser em junho de 2020. Prosser explicou, na época, que este modelo usava dois painéis de exibição separados conectados por uma dobradiça. Embora o protótipo do iPhone tenha dois monitores separados conectados por uma dobradiça, Prosser afirmou que as telas parecem "bastante contínuo e perfeito". A Maçã patenteou um dispositivo com dois monitores separados que podem ser reunidos para criar um único aparelho dobrável com uma dobradiça, o que soa surpreendentemente semelhante ao rumor de tela dupla dobrável da Apple.



O segundo protótipo a ter sido testado é, supostamente, apenas uma tela flexível, muito parecida com o Samsung Galaxy Z Flip ou o Moto RAZR da Lenovo. A notícia da UDN afirma que este modelo está configurado para usar uma tela OLED Samsung flexível. Rumores anteriores também disseram que a Apple encomendou um "grande número" de amostras de tela de celular dobrável da Samsung para fins de teste no início de 2020.


Não há informações se os dois dispositivos a serem testados tinham sistemas de dobradiça diferentes. As unidades de teste devem conter componentes internos muito limitados, em vez de dispositivos totalmente funcionais. Isso porque o principal objetivo do teste foi avaliar a durabilidade do sistema de dobradiça projetado pela Apple. A notícia afirma que agora que os testes foram concluídos, espera-se que a gigante de Cupertino avalie qual dos dois modelos dobráveis prosseguir, e apenas um será levado adiante para o desenvolvimento contínuo.


As conclusões também parecem ter sido espelhadas por fontes que falam com Jon Prosser, que explicou, em um vídeo recente do canal Front Page Tech, que havia dois protótipos de iPhones dobráveis em testes, incluindo um com duas telas de exibição e um com uma única tela OLED flexível. Fontes de Prosser também disseram que essas unidades passaram por testes de durabilidade e agora estão sendo avaliadas pela Apple.



Uma notícia de novembro de 2020 afirmou que a empresa enviou iPhones dobráveis à Foxconn para testar os rolamentos com mais de 100.000 testes de abertura e fechamento, o que parece ser análogo à recém-concluída execução de testes. Dada a consistência dos rumores em torno de iPhones dobráveis de várias fontes, particularmente relacionados a testes, eles podem ser mais confiáveis. Em MacBooks e laptops atuais, por exemplo, suas dobradiças são testadas entre 20 e 30 mil vezes abrindo e fechando.


A UDN prevê que um iPhone dobrável não surgirá até o final de 2022 ou 2023, no mínimo. A Apple solicitou um grande número de patentes relacionadas a um smartphone dobrável que remonta a 2016, e parece altamente provável que o trabalho em um iPhone dobrável esteja progredindo.


Mas 2022/2023 não seria muito tarde, Apple? Espero que não perca o timing da novidade!



Fontes: Front Page Tech, Economic Daily News e MacRumors

03/01/2021 - 4h12