• Rafael de Angeli

Quais as novidades do novo iPad Pro? Vale a pena a troca? [atualizado 1x]

Dependendo do modelo de iPad que você tem, veja se vale ou não a troca pelo novo


A cada 18 meses, a mesma pergunta, pois este é o tempo médio que a Apple atualiza sua linha profissional de iPads. Diferente do iPad mini e do iPad “comum”, o modelo Pro tem esta média de 18 meses a cada atualização. E sempre ficamos na dúvida sobre quais são as reais mudanças e se vale ou não a troca.


Primeiramente vamos às principais novidades do iPad Pro anunciado na quarta-feira (18) e, em seguida, minha conclusão sobre o assunto.


Processador


Pode parecer uma palhaçada, mas mesmo com o lançamento da linha iPhone 11 em setembro de 2019, a Apple não colocou o chip A13 Bionic nos novos iPads.


O iPad Pro de terceira geração, lançado em 2018, veio com o chip A12X Bionic. Já o novo iPad Pro de 2020 (quarta geração), com o chip A12Z Bionic.


Isso significa que a Apple quer apenas usar todas as letras do abecedário… rs Brincadeira!


Isso quer dizer que a mudança é simples e pontual. Pelo que pesquisamos, o A12Z Bionic possui oito núcleos de processamento gráfico (o dobro presente no chip A13 dos iPhones 11), que permitem rodar aplicações e conteúdos mais exigentes em 3D, reprodução e edição de vídeos em alta qualidade e realidade aumentada.


Quantos núcleos de processamento gráfico o chip A12X tem? 7 núcleos… 🤔


De acordo com o site 9to5Mac, os novos tablets trazem o mesmo chip U1 do iPhone 11. Lembra da época do lançamento dos novos iPhones?


“O novo chip U1 criado pela Apple usa a tecnologia de banda ultralarga para reconhecimento espacial, permitindo que o iPhone 11 Pro localize com precisão outros aparelhos Apple com o mesmo chip. Isso é como dar ao iPhone um sexto sentido, uma nova forma de perceber o mundo, que vai dar origem a recursos incríveis. Com o chip U1 e o iOS 13, você aponta seu iPhone para o iPhone de outra pessoa, e o AirDrop prioriza esse aparelho para agilizar o compartilhamento de arquivos. E esse é só o começo”.

Além disso tudo, por ter o chip U1, o novo iPad Pro seria compatível com as futuras AirTags.


Scanner LiDAR


Esta é a grande novidade do novo iPad Pro.


O LiDAR (Light Detection and Ranging, em inglês) calcula distâncias medindo o tempo necessário para a luz atingir um objeto e voltar. É algo tão avançado que será usado pela NASA na próxima missão em Marte. A Apple adaptou essa tecnologia para que ela coubesse na estrutura fina e leve de um iPad.



O scanner LiDAR usa tempo de voo direto para medir a luz refletida a até cinco metros de distância, tanto em ambientes fechados, quanto ao ar livre. Ele funciona com precisão absoluta, opera a uma velocidade de nanossegundos e abre um mundo de possibilidades para a realidade aumentada e outras aplicações.


Já era um rumor, até mesmo publicado em nosso site. Confira:

Dois modelos de iPad Pro poderão ser lançados em 2020, no começo e no final do ano


Câmeras e Microfones


Alguém usa a câmera traseira no iPad? 😲


Para quem gosta, o novo tablet da Maçã vem com duas câmeras traseiras: grande-angular (12 MP) e a nova ultra-angular (10 MP), quase como no iPhone 11. Digo “quase”, pois no iPhone 11 a Apple colocou uma câmera ultra-angular de 12 megapixels. Só Jobs sabe o motivo desta diferença, mesmo sendo lançado seis meses depois…


De acordo com a gigante de Cupertino, os 5 microfones do novo iPad Pro têm “qualidade de estúdio”.


“O iPad Pro agora tem cinco microfones com qualidade de estúdio para capturar áudio com nitidez total nos menores detalhes, e oferece uma experiência de som imersiva com quatro alto-falantes que se ajustam automaticamente a qualquer orientação. A combinação de áudio e câmeras profissionais com a tela grande transformam o iPad Pro em um estúdio móvel versátil para trabalhos de criação, como profissionais de cinema e vídeo, podcasters e criadores de conteúdo, entre outros”, informa a Apple.

Armazenamento


Os modelos de entrada começam agora com 128 GB (anteriormente era de 64 GB). E as outras opções permanecem inalteradas: 256 GB, 512 GB e 1 TB. Já tinha passado da hora da Apple fazer esta mudança. Esperamos que se repita em toda a linha “iPhone 12”.


Conexões


Assim como os modelos iPhone 11, o novo iPad Pro vem com o novo Wi-Fi 6, com velocidade de conexão de até 1,2 Gbps. No modelo anterior, o máximo era de 866 Mbps.


Para os modelos com conexão LTE (dados móveis), possui 30 bandas diferentes de redes celular, apenas uma a mais que o modelo anterior.


E sim, se você quer saber se o novo iPad Pro comprado nos USA funcionará com o 4G do Brasil, perfeitamente. Ele terá todas as bandas 4G presentes em nossa terrinha.


Novidades para quase todos


O suporte extremamente melhorado a trackpads, mouses e teclados não é exclusivo do novo iPad. Ele será disponibilizado para uma gama de modelos no dia 24, quando a Apple lançar o iOS 13.4: todos os modelos de iPads Pro, iPad Air 2 e posterior, iPad de 5ª geração e posterior e iPad mini 4 e posterior.

Já o novo Magic Keyboard também não será exclusivo do novo iPad Pro. A geração anterior do tablet também é compatível com o acessório. Com um design flutuante, ajuste suave de ângulo, teclado e trackpad retroiluminado, o Magic Keyboard oferece a melhor experiência de digitação já vista no iPad. O produto estará disponível para vendas somente no mês de maio.


Conclusão


  • Processador - sem grandes novidades.

  • Scanner LiDAR e Câmeras - fica fácil “lidar” com ele, visto que, muito provavelmente, a linha iPhone 12 também terá esta funcionalidade e que não conheço nenhuma pessoa que utiliza a câmera traseira do iPad, a não ser os japoneses em viagens turísticas. 😬

  • Microfones - sem grandes novidades.

  • Armazenamento - sem grandes novidades.

  • Conexões - sem grandes novidades.

  • Magic Keyboard e suporte a trackpads, mouses e teclados - Serão para quase todos, até o meu iPad vai receber as atualizações.

  • Nada de 5G no iPad (e nem no Brasil por enquanto) e nada de tela OLED ou Mini-LED.


Será que a Apple vai quebrar a atualização de 18 meses desta linha e lançar um novo iPad Pro com boas novidades no final do ano (totalizando duas atualizações da linha em 2020), como publicamos recentemente em um rumor?


Se você possui um iPad comum e quer ir para o novo modelo Pro, vai ficar maravilhado e vale muito a pena.


Se você possui um iPad Pro de primeira ou segunda geração, também recomendo a troca.


Mas se você, igual a mim, possui um iPad Pro de terceira geração, a troca não vale a pena, na minha opinião. As mudanças são simples demais, o dólar está muito alto e pode vir outra atualização em breve. Eu esperaria, mesmo que dure mais 18 meses! 🤙🙏



Atualização em 4 de abril de 2020:


Infelizmente os novos iPads Pro (modelo 2020) não possuem o chip U1 como informamos anteriormente.


A iFixit desmontou o novo tablet da Maçã e confirmou que o novo chip não está presente nele. Não há antenas ou recortes de banda ultralarga no chassi do iPad.


Tudo isso corrobora os rumores de que teremos mesmo um novo iPad Pro no final deste ano, que pode contar com estas e outras boas novidades. O tempo nos dirá…

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.