top of page
  • Foto do escritorEduardo Galiani

Kuo: produção do 'AirTag 2' com integração com o Apple Vision Pro deve iniciar no final de 2024

Analista e leaker Ming-Chi Kuo aponta para produção tardia dos novos AirTags, mas fãs da Apple podem ter novidades em breve.

Uma mão segurando um AirTag

De acordo com o analista e leaker Ming-Chi Kuo, a Apple está se preparando para lançar a segunda geração do seu localizador de itens, o AirTag. As informações sobre as novas funcionalidades ainda são limitadas, mas Kuo acredita que uma integração aprimorada com o Apple Vision Pro será um dos principais atrativos do dispositivo.


As especulações sobre a chegada de uma nova versão do rastreador de objetos da Maçã já circulavam há algum tempo. Kuo havia sugerido a possibilidade de um novo lançamento para junho do ano passado, com estimativas de remessa para o acessório aumentando ao longo do tempo. Agora, o analista afirma que a produção em massa do “AirTag 2” está prevista para o final de 2024.



O Apple Vision Pro, o suposto ponto central para essa nova geração do AirTag, faz parte da visão da gigante de Cupertino em criar um ecossistema de computação espacial. Segundo Kuo, a empresa planeja integrar outros dispositivos, incluindo o “AirTag 2”, nesse ambiente.


"Eu acredito que a computação espacial é um novo ecossistema que a Apple deseja construir, usando o Vision Pro como núcleo para integrar outros dispositivos, incluindo o AirTag 2," diz Kuo.

O AirTag, lançado originalmente em 2021, foi recebido com entusiasmo pelos usuários de dispositivos da Maçã, que agora aguardam ansiosamente as melhorias e inovações para a nova versão.


A tecnologia de rastreamento do AirTag já se mostrou eficiente e útil para localizar objetos perdidos, sendo integrada ao aplicativo Buscar. A segunda geração pode trazer aprimoramentos significativos nesse aspecto, aumentando sua precisão e abrangência. Atualmente, o AirTag conta com um chip U1 que possibilita rastreamento de localização e localização de precisão. Espera-se que a nova versão do dispositivo venha equipada com uma versão atualizada desse chip, possivelmente o U2.


Dois AirTags

Enquanto os fãs aguardam por novidades sobre os AirTags, é importante lembrar que o cenário tecnológico pode sofrer mudanças até o final de 2024. Portanto, resta aos entusiastas da marca acompanhar atentamente os próximos acontecimentos para confirmar ou refutar as informações divulgadas por Ming-Chi Kuo.


Vale ressaltar que uma atualização importante relacionada aos AirTags, sobre o uso indevido do dispositivo para rastrear pessoas está sendo trabalhada em uma parceria entre Apple e Google. Aparelhos Android, incluindo modelos que rodam versões mais antigas do sistema operacional, agora alertam quando há rastreadores indesejados por perto. Espera-se que esse seja um ponto de partida para inviabilizar o uso inadequado de dispositivos de rastreamento.


Com o lançamento previsto para o próximo ano, espera-se que mais detalhes sobre as funcionalidades e possíveis mudanças na nova geração de AirTags sejam reveladas nos próximos meses.



Fontes: 9to5Mac, MacRumors e X (Twitter)

7/8/2023 - 12h59

Comments


bottom of page