top of page
  • Foto do escritorRafael de Angeli

iPhone 15 poderá funcionar somente com cabo USB-C certificado pela Apple

As portas USB-C dos iPhones 15 e os cabos de carregamento que os acompanham apresentarão um chip autenticador semelhante ao Lightning, potencialmente limitando sua funcionalidade com acessórios não aprovados pela Apple, sugere um rumor compartilhado no Weibo.


A informação declara que a Apple desenvolveu sua própria variante de USB-C para a linha ‌iPhone 15‌ deste ano e vem de um usuário que afirma ser um especialista em circuitos integrados com 25 anos de experiência trabalhando em processadores Pentium da Intel.


As interfaces de circuito integrado (IC - Integrated Circuit) são chips semicondutores usados para gerenciar o compartilhamento de informações entre dispositivos. Desde sua introdução, em 2012, as portas e conectores Lightning certificados pela MFi (Made For iPhone) contêm um pequeno circuito integrado que confirma a autenticidade das partes envolvidas na conexão. Cabos de carregamento de terceiros não certificados por MFi, por exemplo, não possuem esse chip, geralmente levando a avisos "Este acessório não é compatível" em dispositivos Apple conectados.


O chip autenticador permite que a Apple incentive os clientes a comprar periféricos genuínos do iPhone e receber uma comissão sobre acessórios certificados pela MFi, mas também permite que a Maçã lide com acessórios falsificados e potencialmente perigosos.



O rumor parece sugerir que a Apple desenvolveu um chip personalizado semelhante para as portas USB-C nos ‌iPhones 15‌ e, presumivelmente, seus cabos de carregamento. Assim como a linha ‌iPhone 15‌, o novo circuito integrado aparentemente é destinado a novos periféricos com certificação MFi.


Vale ressaltar que a interface USB-C atualmente usada pela Apple no iPad de 10ª geração, iPad mini, iPad Air e iPad Pro não contém um chip de circuito integrado para autenticação, o que significa que seria a primeira vez, para portas com esta tecnologia, em produtos da empresa.


Ainda não há informações se adição do chip pode ter implicações importantes para a funcionalidade dos novos dispositivos, mas é possível que a Apple limite recursos como carregamento rápido e transferência de dados em alta velocidade para cabos certificados pela Apple e MFi.


De acordo com o analista e leaker Ming-Chi Kuo, a porta USB-C nos ‌iPhones 15‌ e 15‌ Plus permanecerá limitada às velocidades do USB 2.0 – a mesma do Lightning. Apenas os ‌iPhones 15 Pro‌ e 15 Pro‌ Max aparentemente terão velocidades de transferência mais rápidas. Como resultado, a única grande diferença entre Lightning e USB-C nos modelos padrão do ‌iPhone 15‌ pode ser simplesmente a forma física do conector.



Esta possível diferenciação da gigante de Cupertino espelharia a divisão entre o ‌iPad‌ de entrada e o ‌iPad Pro‌. Embora ambos os modelos tenham porta USB-C, o ‌iPad‌ de 10ª geração é limitado a velocidades USB 2.0 de até 480 Mbps, enquanto o ‌iPad Pro‌ oferece velocidades Thunderbolt completas de até 40 Gbps.



Fonte: MacRumors

20/2/2023 - 17h52

Comments


bottom of page