• Rafael de Angeli

HomePod mini tem sensor oculto inativo de temperatura e umidade que pode ser 'ligado' em breve

O HomePod mini possui um sensor oculto inativo que pode medir temperatura e umidade, potencialmente fornecendo meios para potencializar próximos recursos que podem chegar em uma atualização de software futura, de acordo com a Bloomberg.

Sensor de umidade e temperatura de um ‌HomePod mini‌. Fonte: iFixit (via Bloomberg).

Poucos dias depois da Apple anunciar que está descontinuando o HomePod de tamanho normal e mudando seu foco para o HomePod mini, uma notícia de Mark Gurman, da Bloomberg, deixa animados os fãs do produto:


"A empresa discutiu internamente o uso do sensor para determinar a temperatura e a umidade de um ambiente para que termostatos conectados à Internet possam ajustar diferentes partes de uma casa com base nas condições atuais, de acordo com pessoas familiarizadas com a situação. O hardware também pode permitir que o ‌HomePod mini‌ acione automaticamente outras ações, como ligar ou desligar um ventilador, dependendo da temperatura".

"A Apple normalmente lança as principais atualizações do software HomePod anualmente no outono [nos Estados Unidos]. Não está claro se ou quando a Apple ligará o sensor de temperatura, mas sua presença em unidades do ‌HomePod mini‌ que já foram vendidas sugere que isso é apenas uma questão de tempo. Uma porta-voz da Apple não quis comentar".

O componente mede 1,5 x 1,5 mm e está colocado na borda inferior da caixa de plástico do ‌HomePod mini‌, perto do cabo de alimentação. A existência do sensor foi confirmada de forma independente pela iFixit após uma investigação da Bloomberg.


O sensor é fabricado pela Texas Instruments, que o chama de "Sensor Digital de Umidade e Temperatura HDC2010", de acordo com a TechInsights, empresa que analisa componentes dentro de eletrônicos. De acordo com a notícia, a localização do componente sugere que seu foco estará no ambiente externo, ao invés de ter qualquer função diagnóstica interna.


"A parte está situada relativamente longe dos principais componentes internos do dispositivo, o que significa que foi projetada para medir o ambiente externo em vez da temperatura de outros componentes eletrônicos do alto-falante".

Esta não é a primeira vez que a Apple inclui um componente não ativo em um produto e o habilita posteriormente por meio de um software. Como observou a Bloomberg, o iPod touch de 2008 tinha um chip Bluetooth, mas o suporte para esta conectividade foi habilitado no ano seguinte por meio de software.

Se a Maçã decidir habilitar o sensor no ‌HomePod mini‌, isso poderá abrir caminho para uma estratégia de casa inteligente mais integrada para o HomeKit, que controla termostatos, luzes, fechaduras, plugues e outros dispositivos nas casas.


Como observa a notícia, ele também poderia ajudar o ‌HomeKit‌ a rivalizar com recursos semelhantes já oferecidos pelos concorrentes. Os mais recentes alto-falantes Echo, da Amazon, por exemplo, incluem sensores de temperatura, enquanto o Google vende sensores sob sua marca Nest, que podem ser colocados em residências e conectados a seus termostatos para ajustar a temperatura de cada cômodo.



Fontes: TechInsights, iFixit, Bloomberg e MacRumors

23/03/2021 - 4h28