top of page
  • Foto do escritorRafael de Angeli

Gurman: Apple planeja desacelerar contratações e cortar gastos em 2023

A Apple planeja reduzir contratações e gastos no próximo ano em algumas divisões devido à potencial desaceleração econômica, de acordo com Mark Gurman, da Bloomberg.


O jornalista afirma que a decisão não é uma política de toda a empresa e não afetará todas as equipes da Maçã.


A notícia afirma que a Apple está dando, a equipes selecionadas, um "orçamento abaixo do esperado" para gastos em pesquisa e desenvolvimento, recursos e contratações em 2023, e acrescenta que algumas delas não expandirão ou manterão seu número de funcionários no próximo ano.


A Apple ainda está planejando um cronograma "agressivo" de lançamentos de produtos em 2023, incluindo um headset AR/VR amplamente rumorado, de acordo com Gurman.


Os supostos planos da gigante de Cupertino de desacelerar as contratações e gastos em 2023 ocorrem em meio a tempos especialmente incertos, com a pandemia de Covid-19, a guerra Russo-Ucraniana e a alta inflação, gerando preocupações com menores gastos do consumidor e recessão.


As ações da Apple estavam sendo negociadas quase 2% mais baixas logo após a notícia.



No final de abril, a Maçã registrou seu melhor trimestre de março de todos os tempos, com US$ 97,3 bilhões em receita e US$ 25 bilhões em lucro. A empresa deve divulgar seus resultados do segundo trimestre de 2022 em 28 de julho.



Fontes: Bloomberg e MacRumors

19/7/2022 - 16h03

Comments


bottom of page