top of page
  • Foto do escritorRafael de Angeli

'Apple Vision' deve ser o nome do novo Headset AR/VR da Apple, diz Gurman

O Headset de realidade mista (aumentada e virtual) da Apple pode custar acima de US$ 2 mil e apresentar desempenho semelhante ao chip M1 Pro dos novos MacBooks Pro.

Conceito: Antonio ADR De Rosa

Uma notícia na semana passada indicou que a Apple estava tendo problemas com seu rumorado Headset AR/VR devido a superaquecimento, câmeras e desafios de software, o que poderia fazer a empresa atrasar seus planos de lançar seu produto de realidade mista este ano. Agora, Mark Gurman, da Bloomberg, está de volta com mais algumas novidades sobre o produto.


Em notas anteriores, Gurman havia indicado que o headset AR/VR da Apple seria "caro". Embora os analistas previssem que o produto custaria cerca de US$ 3 mil, o jornalista da Bloomberg diz, em sua última Power On Newsletter, que a Maçã discutiu preços acima de US$ 2 mil.


"A Apple normalmente cobra um pouco mais do que seus concorrentes pelos produtos, garantindo margens que a ajudaram a se tornar uma das empresas de eletrônicos de consumo mais lucrativas de todos os tempos. O novo headset não será uma exceção, mas a principal razão pela qual a empresa discutiu preços acima de US$ 2.000 é por causa de algumas de suas tecnologias internas".

Não só isso, mas Gurman já havia apontado que a Apple provavelmente usará o chip M1 Pro – ou algo semelhante – no novo headset AR/VR. Agora, ele explica um pouco mais sobre por que acha que isso vai acontecer.


"Eu esperaria dois processadores dentro do dispositivo, incluindo um no mesmo nível do M1 Pro do MacBook Pro. Combine isso com vários monitores – incluindo telas 8K de resolução super alta – uma opção de lente de prescrição intercambiável e tecnologia de áudio avançada, e os custos aumentam. E não se esqueça de sete anos de despesas de desenvolvimento interno que precisam ser recuperadas. (…) Minha crença é que o chip dentro do headset da Apple estará no mesmo nível do M1 Pro, tornando-o melhor que o M1. A principal razão para usar um M1 Pro em vez de um M1 não é a velocidade da CPU. É a necessidade de gráficos mais avançados. Como você deve saber, o M1 possui uma GPU de 8 núcleos, enquanto o M1 Pro possui de 14 a 16 núcleos gráficos".

O headset AR/VR da Apple provavelmente se concentrará em jogos, consumo de mídia e comunicação, conforme apontado por Gurman e pelo analista Ming-Chi Kuo.


"Os jogos devem ser um forte foco da máquina, especialmente porque ela terá vários processadores, um ‘ventilador', telas de altíssima resolução e sua própria App Store. Procure a Apple para posicionar o aparelho como um sonho para os desenvolvedores de jogos. Em seguida, o consumo de mídia. Espero que a Apple trabalhe com parceiros de mídia para criar conteúdo que possa ser assistido em VR [Realidade Virtual] no dispositivo. Terceiro, comunicações. Procure Animojis e uma experiência semelhante ao FaceTime VR para ser o [app] Zoom da nova era.

Conceito/Reprodução: @theapplestack

Como a Apple chamará seu headset AR/VR?


Mark Gurman também aposta em alguns nomes para o headset AR/VR da Apple em sua newsletter:


  • Apple Vision: "Acho que Apple Vision poderia ser o nome mais realista para o headset. O nome Vision soa futurista, não faz referência a nenhuma tecnologia ou recurso específico, tem uma vibração otimista e não encaixa o produto em nada além de ser um novo meio visual”;

  • Apple Reality: "Este foi meu palpite inicial sobre como a Apple poderia chamar seu headset, e ainda faz muito sentido para mim. Realidade virtual e aumentada são as principais tecnologias usadas no headset, e Reality faz alusão ao provável nome do sistema operacional rOS destinado ao dispositivo. A palavra em si também é compreensível e ampla. Além disso, o nome pode funcionar tanto para o primeiro headset da empresa quanto para os óculos AR autônomos que serão lançados no final desta década. A Apple poderia chamar seu primeiro headset de 'Apple Reality' e depois chamar os óculos de 'Apple Reality Glasses'";

  • Apple Sight/iSight: "A primeira coisa que penso com o nome Apple Sight é, claro, a câmera de bate-papo de vídeo iSight da Apple de 15 anos atrás. Eu possuía uma, e provavelmente era a câmera de bate-papo por vídeo mais legal já feita. A Apple deixou de usar o "i" em novos produtos, então apenas o Apple Sight é uma possibilidade. Não é o meu favorito pessoal, no entanto, e acho improvável.


Ele também acredita que a gigante de Cupertino poderia chamar o produto de Apple Lens, Apple Goggles ou até mesmo de Apple AR, Apple VR, Apple XR, Apple MR ou Apple SR, com base nas siglas das principais tecnologias.


Nós, equipe News On Apple, acreditamos em Apple Vision, e o chamaremos assim a partir de agora, até que o nome real do produto seja revelado.


À medida que a empresa continua preparando este novo produto, ouviremos ainda mais dele nos próximos meses, seja o produto revelado durante a WWDC deste ano ou, na pior das hipóteses, em 2023.



Fontes: Bloomberg e 9to5Mac

18/1/2022 - 7h15

コメント


bottom of page