• Rafael de Angeli

Apple quer 'calar a boca' dos leakers que vazam informações da empresa

"Kang", um leaker altamente preciso, e uma série de outros "vazadores" não especificados, receberam avisos de advogados da Apple contra seus vazamentos de informações.


Quem não gosta de um bom rumor, ainda mais sobre o mundo da Maçã, que atire a primeira pedra! De acordo com postagens na conta do Weibo de Kang, a Apple contratou recentemente um escritório de advocacia para enviar cartas de advertências a vários leakers.



A carta supostamente advertia os "vazadores" de que eles não deveriam divulgar informações sobre projetos da Apple não lançados, pois pode dar, aos concorrentes, informações valiosas e "enganar os clientes, porque o que é divulgado pode não ser preciso".


A Apple supostamente pegou capturas de telas do Weibo de Kang como evidência, o que incluiu ele falando sobre problemas que teve com o iPhone, datas de lançamento de produtos e sugestões de compras para seus seguidores, bem como posts mais casuais.


Kang passou a dar sua opinião pessoal sobre a situação. "Nunca publiquei fotos de produtos não divulgadas ou vendi suas informações. A Apple deve se opor a ‘charadas e sonhos’ sobre seus projetos não divulgados". Os vazamentos da Apple, vagamente caracterizados como "sonhos", também foram popularizados nos últimos anos por "L0vetodream", por exemplo, que forneceu a alguns "informantes" um mecanismo divertido para sugerir os planos futuros da gigante de Cupertino sem revelar muitas informações.


"Se eu tiver um sonho, os concorrentes da Apple obterão informações eficazes". "Sem enviar fotos ou vazar fotos, ainda sou usado como alvo. (…) Sonhar violará seu mecanismo de confidencialidade", disse Kang, referindo-se à possível lógica da Apple.

"Não vou postar enigmas e sonhos no futuro", sugeriu o leaker, que excluirá algumas postagens anteriores nas redes sociais e expressou a necessidade de "diminuir o tom" das postagens sobre a Apple, já que "as conversas serão auditadas".


Kang argumentou que não havia enganado os consumidores e disse que ainda tinha o direito de expressar seus sentimentos sobre a experiência com o iPhone, observando que a Apple não deve interferir em seu Weibo.


Ele também alertou outros leakers, dizendo que se eles não querem "causar problemas, então não poste nada que eles não queiram contar ao público. (…) Mesmo que você não tenha assinado nenhum acordo, eles pensam que é violação e abuso de informações comerciais".

Kang está entre os mais confiáveis leakers sobre o mundo Apple, com sucessivos vazamentos detalhados sobre os futuros produtos da empresa e planos de software que se mostraram corretos. Ele vazou todos os detalhes da linha do iPhone 12 e do HomePod mini antes de serem lançados. De acordo com o site AppleTrack, Kang também vazou corretamente uma infinidade de informações sobre o iPhone SE de segunda geração (2020), Apple Watch SE, Apple Watch Series 6, iPad 8 e iPad Air 4, antes dos lançamentos. Além disso, o leaker vazou muitos detalhes sobre as atualizações de software da Apple para a WWDC de 2020.


Se a Maçã não consegue mais esconder suas informações como fazia muito bem na época do gênio Steve Jobs, agora vai começar a apelar? Ela precisa urgentemente rever os procedimentos internos em Cupertino e nas fábricas parcerias ao redor do mundo...


Que feio, Apple!

Saudades, Jobs!

🙄🍎🤦‍♂️

Fontes: AppleTrack e MacRumors

24/06/2021 - 15h30