top of page
  • Foto do escritorRafael de Angeli

Apple eliminará cargo de 'chefe de design industrial' e equipe se reportará ao COO Jeff Williams

A Apple está eliminando um de seus cargos executivos de maior destaque. De acordo com a Bloomberg, a Maçã deixará de ter a posição de "chefe de design industrial", cargo já ocupado por Jony Ive e, mais recentemente, por Evans Hankey, como parte de uma reformulação mais ampla.

Jeff Williams durante apresentação do Apple Watch Series 6 em 2020.

Sob essa nova estrutura, a equipe de design se reportará ao COO Jeff Williams, diretor de operações da Apple.


Hankey é a principal designer de produtos da Apple, como vice-presidente de design industrial, desde 2019. Ela é a sucessora de Jony Ive, que deixou a Apple em 2019. Sob essa estrutura, Hankey é responsável pelo design de hardware, enquanto Alan Dye é responsável por design de software e detém o título de vice-presidente de design de interfaces humanas.


Evans Hankey e Alan Dye no Apple Park.

Hankey, no entanto, deve deixar a Apple nos próximos meses, conforme anunciado em outubro de 2022, após três anos no cargo.


A Bloomberg relata que, após a saída de Hankey, a Apple não nomeará um novo executivo para ocupar o cargo de "chefe de design industrial", mudança significativa na estrutura de liderança da empresa, já que o "vice-presidente de design industrial" existe há décadas.


A notícia diz que o "grupo principal de designers industriais" da Apple agora se reportará a Jeff Wiliams, diretor de operações da Maçã. Sob a estrutura anterior, Hankey se reportava a Williams, mas a equipe principal de design se reportava a Hankey.


Com a mudança, os designers "mais antigos" da Apple terão "funções maiores", mas nenhum deles será elevado à posição de "chefe de design industrial" de nível superior.


"Em vez disso, o grupo principal da empresa de cerca de 20 designers industriais se reportará a Jeff Williams, diretor de operações da Apple. A empresa também dará papéis maiores a um grupo de designers mais antigos da Apple. Hankey se reporta a Williams desde que assumiu o cargo em 2019, quando o designer Jony Ive saiu para abrir sua própria empresa". "Esse grupo terá papéis maiores como parte da mudança. Mas Williams decidiu que nenhum seria nomeado o novo chefe e que toda a equipe se reportaria a ele. Essa mudança vincula o grupo de operações da Apple mais intimamente ao design - um arranjo que irritou alguns dos funcionários criativos da Apple. Também elevará Williams, que é visto como um possível sucessor do CEO Tim Cook".

Williams tem uma gama cada vez mais ampla de responsabilidades na Apple. A página de liderança da empresa afirma que Williams "supervisiona todas as operações mundiais da Apple, bem como atendimento e suporte ao cliente". Ele também lidera os projetos relacionados à saúde da Apple, "desbravando novas tecnologias e avançando na pesquisa médica".


Jony Ive e Tim Cook no lançamento do iPhone XR em setembro de 2018.

Williams é visto como um potencial sucessor de Tim Cook para o cargo de CEO da Apple. A gigante de Cupertino está supostamente "cada vez mais focada no planejamento de sucessão" internamente, e Williams é considerado um dos principais candidatos a ser o próximo CEO da empresa. Quando questionado, em 2021, se estaria na Apple em 10 anos, Cook disse que "provavelmente não".



Fontes: Bloomberg e 9to5Mac

4/2/2023 - 15h10

Comentarios


bottom of page