top of page
  • Rafael de Angeli

Tim Cook, CEO da Apple, corta seu próprio salário em 40% e deve ganhar US$ 49 milhões em 2023

A remuneração total do CEO da Apple, Tim Cook, foi de US$ 99,4 milhões em 2022, cerca de R$ 506,4 milhões, de acordo com a declaração de procuração da empresa divulgada esta semana na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (U.S. Securities and Exchange Commission - SEC).


Sua remuneração incluía um salário de US$ 3 milhões, cerca de US$ 83 milhões em prêmios de ações e US$ 13,4 milhões em outras formas de remuneração. A remuneração total de Cook em 2021 foi de $ 98,7 milhões, aproximadamente R$ 502,8 milhões.


Cook terá um corte salarial substancial em 2023, conforme observado por Mark Gurman, da Bloomberg. Com base no feedback dos acionistas e na recomendação de Cook para ajustar sua remuneração à luz do feedback, o registro indica que sua meta de remuneração para 2023 será de US$ 49 milhões (aproximadamente R$ 249,6 milhões, mais de 40% a menos que sua meta de remuneração em 2022.


Apesar do corte salarial, o Comitê de Remuneração da Apple disse que a empresa teve "desempenho excepcional" em 2022 sob a liderança de Cook, que atua como CEO desde 2011. A declaração de procuração indica que a porcentagem de RSUs (restricted stocks), unidades de ações com base em desempenho concedida a Cook, aumentou de 50% a 75% em 2023.


Antes da reunião anual de acionistas da Apple em 10 de março, Cook compartilhou uma mensagem aos acionistas refletindo sobre o ano passado, com um trecho abaixo:


"Os desafios globais com todos nós hoje – da inflação à guerra na Europa Oriental, aos impactos duradouros da pandemia – fazem deste um momento para ação deliberada e ponderada. Mas não é hora de fugir do futuro. Sempre administramos a Apple pensando no longo prazo, e isso significa continuar investindo em inovação, nas pessoas e na diferença positiva que podemos fazer no mundo". "Hoje temos a mais forte linha de produtos e serviços que já tivemos, e nossa tecnologia nunca apareceu para nossos usuários de tantas maneiras. E nossas inovações mais recentes estão ajudando muitos de nós a aproveitar nossa criatividade, conectar-se com entes queridos, encontrar entretenimento e alegria e viver vidas mais seguras e saudáveis".


A carta completa pode ser encontrada na página seis da declaração de procuração.



Fontes: Bloomberg, U.S. Securities and Exchange Commission, 9to5Mac e MacRumors

15/01/2022 - 17h57

bottom of page