• Rafael de Angeli

Tim Cook recebe 'último pagamento' de R$ 4 bilhões como CEO da Apple

Dias depois de comemorar seu décimo aniversário no comando da Apple, Tim Cook está prestes a receber incríveis US$ 750 milhões em ações da Maçã, nesta semana, como a última parcela de seu acordo de pagamento com a Apple, feito há mais de uma década quando ele assumiu a empresa.


A parcela consistirá em 5 milhões de ações da Apple, o que equivale a cerca de US$ 750 milhões (cerca de R$ 4 bilhões), de acordo com a Bloomberg. No ano passado, Cook recebeu unidades de ações restritas no valor de até US$ 114 milhões, garantindo que ele permanecerá como CEO até pelo menos 2025.


Tim Cook, de 60 anos, tem um patrimônio líquido de aproximadamente US$ 1,5 bilhão, de acordo com o Índice de Bilionários da Bloomberg. Embora um bilionário, a remuneração de Cook para 2020 foi das mais modestas em comparação com outros CEOs de tecnologia bem pagos. Em 2020, o CEO da gigante de Cupertino recebeu US$ 14,7 milhões, de acordo com registros da SEC.


Cook disse, no passado, que doa uma parte de seu salário e compensação para organizações de caridade e planeja doar a maior parte de sua riqueza.

Fontes: Bloomberg e MacRumors

28/8/2021 - 0h02