• Rafael de Angeli

Senado americano pode permitir lojas e sistemas de pagamentos alternativos no iPhone

O Comitê Judiciário do Senado dos EUA aprovou um projeto de lei antitruste que poderá permitir sideloading, com lojas e sistemas alternativos de pagamentos, nos sistemas operacionais da Apple (e do Google).


O Comitê Judiciário do Senado dos Estados Unidos aprovou hoje o Open App Markets Act, um projeto de lei antitruste que pode permitir lojas alternativas de aplicativos e também sistemas alternativos de pagamento dentro dos aplicativos do iPhone, iPad, Apple Watch, Mac e Apple TV. O projeto seguirá agora para votação no plenário do Senado.


"A aprovação do Open App Markets Act pelo Comitê Judiciário do Senado nos deixa um passo mais perto de ter essa legislação sancionada. Este projeto de lei permitirá que as pessoas baixem aplicativos diretamente de empresas externas, em vez de serem forçadas a passar pelas lojas oficiais de aplicativos". (Senadora Marsha Blackburn - Tennessee)

A Apple solicitou reiteradamente ao Comitê Judiciário do Senado dos EUA a rejeição do projeto de lei, argumentando que o sideloading representaria riscos de privacidade e segurança para os clientes.


"O sideloading permitiria que maus atores escapassem das proteções de privacidade e segurança da Apple distribuindo aplicativos sem verificações críticas de privacidade e segurança. Essas disposições permitiriam a proliferação de malware, golpes e exploração de dados", disse o chefe de assuntos governamentais da Apple, Tim Powderly, em uma carta enviada ao Comitê no início desta semana.

No mês passado, o Comitê Judiciário do Senado dos EUA aprovou o American Innovation and Choice Online Act, outro projeto de lei antitruste que deve permitir o sideloading e contra o qual a Apple se manifestou, citando os mesmos riscos de privacidade e segurança.



Fontes: Congress.gov e MacRumors

3/2/2022 - 19h24