• Rafael de Angeli

Rumor: o que esperar dos modelos de ‘iPhone 12’ com tela ProMotion de 120 Hz?

Vários rumores estão convergindo para a possibilidade de que pelo menos dois modelos da linha iPhone 12 apresentem telas mais rápidas de 120 Hz.

Conceito: EverythingApplePro

Os rumores remontam a julho de 2019, quando o notável leaker da Samsung, Ice Universe, sugeriu, pela primeira vez, que os iPhones de 2020 poderiam apresentar displays mais rápidos feitos pela Samsung e LG, o que permitiria uma experiência mais suave de rolagem de tela.


Também no ano passado, o site DigiTimes vinculou a era nascente do 5G à ampla adoção de telas de smartphone com maior taxa de atualização. A publicação baseou sua previsão na taxa de penetração de painéis acima de 120 Hz no segmento de notebooks para jogos, o que levou os fabricantes a entrarem no setor e a desenvolverem telas com taxas de atualização que variam de 120 a 240 Hz.


Este ano, Mark Gurman, da Bloomberg, sugeriu que telas mais rápidas de 120 Hz poderiam chegar a dois modelos de ‌iPhone 12‌ e, há alguns dias, o leaker do Twitter Max Weinbach sugeriu que o ‌iPhone 12‌ Pro, que deve chegar em 6,1 polegadas, e o modelo de 6,7 polegadas (12 Pro Max), apresentariam exclusivamente telas de 120 Hz com alta taxa de atualização.


Confira também:

- Rumor: Prosser 'confirma' nomes, preços, recursos, armazenamento e detalhes do iPhone 12


Um número crescente de telefones lançados nos últimos 12 meses possui painéis com taxas de atualização mais rápidas do que o padrão de 60 Hz, que permanece um resquício dos displays CRT tradicionais que exigiam que a taxa de atualização correspondesse à frequência da fonte de alimentação e, assim, evitasse possíveis interferências.


A Apple já usa tecnologia proprietária de taxa de atualização variável em seus modelos de iPad Pro sob o nome "ProMotion", que ajusta dinamicamente a exibição ao movimento do conteúdo para uma rolagem fluida, maior capacidade de resposta e movimentos mais suaves.


A taxa de atualização da tela do iPad Pro‌ muda rapidamente, dependendo do que está sendo visualizado, o que economiza bateria. Se você estiver assistindo a um filme ou jogando, por exemplo, a taxa de atualização é de 120 Hz, mas se estiver lendo uma página da Web ou olhando uma foto, não precisará de uma taxa de atualização máxima, sendo ajustada automaticamente de acordo. Essa adaptabilidade significa que a taxa de atualização também corresponde ao conteúdo visualizado com mais precisão, eliminando trepidações e distorções.


Obviamente, os modelos de iPad Pro‌ usam painéis LCD em vez de OLED, e rumores sugerem que a Maçã concluirá sua transição para uma linha de iPhones totalmente OLED em 2020 com novos modelos de 5,4 polegadas, (dois de) 6,1 e 6,7 polegadas. Essa seria a primeira vez que veríamos a tecnologia ProMotion em um painel OLED.


As implicações para a experiência de visualização do "iPhone" são difíceis de exagerar. As resoluções atuais em pixels, tão altas quanto elas, dobrariam a taxa de atualização e trariam uma fluidez e realismo totalmente novos ao conteúdo visualizado. Nesse sentido, combinada com o suporte HDR10 e uma vasta gama de cores, a adoção mais ampla da Apple da tecnologia ProMotion de 120 Hz poderia fazer pelos iPhones OLED o que os Retina Displays da empresa alcançaram para os iPhones LCD em 2010, com o lançamento do iPhone 4.


Leia mais:

- Bloomberg traz detalhes dos futuros iPhone 12, HomePod, AirTags e mais



Fonte: MacRumors

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.