top of page
  • Foto do escritorRafael de Angeli

Montanhas-russas estão acionando a Detecção de Acidente nos iPhones 14 e novos Apple Watches

Algumas montanhas-russas estão causando uma série de chamadas automáticas errôneas para o 911 (número de emergência dos EUA), enganando a Detecção de Acidente da Apple.


A Detecção de Acidente (Crash Detection) é um novo recurso de segurança valioso que chegou com a linha iPhone 14 e com os novos Apple Watches Ultra, Series 8 e SE de segunda geração. Mesmo que a Apple use hardware totalmente novo, algoritmos avançados e mais de um milhão de horas de condução e acidentes no mundo real, falsos positivos ainda são possíveis. Algumas montanhas-russas estão causando uma série de chamadas automáticas errôneas para o 911, enganando a detecção de falhas da Apple. Eentenda o que está o que está acontecendo e uma solução alternativa até que haja uma atualização.


O 911 nos Estados Unidos é mais que apenas um número, é um sistema criado pelo governo americano que centraliza o atendimento e interliga polícia, bombeiros e emergência médica.


Relatado por Joanna Stern do The Wall Street Journal e pelo site Coaster101, nas últimas semanas, os parques de diversões Kings Island e Dollywood notaram uma tendência decorrente de clientes com um iPhone 14 ou um novo Apple Watch, que viram o recurso Detecção de Acidente ser acionado falsamente pelas montanhas-russas do parque pelo menos seis vezes diferentes.


Imagem: Reprodução/9to5Mac

O Dollywood viu o problema o suficiente para colocar placas pedindo às pessoas que não levem os dispositivos em passeios ou os desliguem.


Curiosamente, alguns testes não oficiais da Detecção de Acidente da Apple têm problemas para acionar o recurso de segurança. Mas acontece que as montanhas-russas têm atributos críticos para enganar o algoritmo que leva em conta as medições da força G, mudanças de pressão, mudanças de GPS/velocidade e ruídos altos.


Ouça o 911 automático ligando de uma das montanhas-russas em um tweet de Joanna:



"Desde que o iPhone 14 foi colocado à venda, o centro de despacho 911 perto do parque de diversões Kings Island recebeu pelo menos seis telefonemas dizendo: 'O dono deste iPhone sofreu um grave acidente de carro...'. Exceto que o proprietário [do iPhone] estava apenas em uma montanha-russa".

Um porta-voz da Apple disse à Joanna que a Detecção de Acidente é "'extremamente preciso na detecção de falhas graves' e que a empresa o otimizou para obter ajuda dos usuários e minimizar falsos positivos".


Ao responder a perguntas sobre montanhas-russas enganando o recurso, o porta-voz disse que "a tecnologia oferece tranquilidade e a Apple continuará a melhorá-la ao longo do tempo".


Como evitar que o recurso funcione em uma montanha-russa


A placa da Dollywood pedindo aos clientes que não levem dispositivos em passeios provavelmente não será seguida e até mesmo desligar os dispositivos pode ser um incômodo. Sendo assim, ativar o modo Avião é a melhor maneira de evitar falsos positivos de Detecção de Acidente em montanhas-russas, especialmente se você fará passeios o dia todo.



O que o Google/Android pode ensinar para a Apple com este bug?


Com o Google tendo seu recurso de detecção de falhas/acidentes disponível por vários anos, não parece haver muitos casos em que ele seja acionado por montanhas-russas.


Será que o problema poderia ser resolvido com uma atualização de geo-fence, fazendo com que a Apple saiba se um usuário está em um parque de diversões e ignore as medições da montanha-russa? Existiriam problemas de privacidade em jogo que a Maçã não estaria disposta a comprometer, diferentemente do Google?


Ficaremos atentos a qualquer atualização do iPhone e do Apple Watch que possa trazer uma correção oficial para esse problema.


Seria este um novo #rollercoastergate? 🎢 😮


Confira dois vídeos oficiais da Apple explicando como funciona a Detecção de Acidente de iPhones e Apple Watches:





Fontes: The Wall Street Journal, Coaster101, 9to5Mac e Apple

10/10/2022 - 3h57

留言


bottom of page