• Rafael de Angeli

Microsoft apoia Epic Games e afirma que Apple prejudicará criadores de jogos

Caso Fortnite: bloqueando o acesso da Epic Games ao Unreal Engine, os criadores de jogos serão prejudicados, de acordo com a Microsoft.


A criadora do Fortnite, Epic Games, argumentou que o plano da Apple de encerrar sua participação no Programa de Desenvolvedores seria "retaliação excessiva" e "um esforço ilegal para manter seu monopólio e impedir qualquer ação de terceiros que ousem se opor à Apple".


No início deste mês, a Epic Games violou estrategicamente as regras da Apple em relação às compras dentro do aplicativo, introduzindo sua própria opção de pagamento para moedas em seu jogo de sucesso Fortnite no iOS/iPadOS. A Apple imediatamente removeu o Fortnite da App Store e, subsequentemente, informou à Epic Games que sua associação ao Programa de Desenvolvedor seria encerrada em duas semanas, a menos que reenviasse o Fortnite sem a opção de pagamento direto.


Ao ter sua associação ao Programa de Desenvolvedor encerrada, a Epic Games não só perderia sua capacidade de desenvolver Fortnite para o iPhone e iPad, mas também seu popular motor de jogo Unreal Engine para iOS/iPadOS e macOS, do qual milhares de desenvolvedores dependem para seus jogos.


Em um processo judicial [PDF] hoje, a Epic Games disse que vários licenciados do Unreal Engine entraram em contato com a empresa "expressando grande preocupação sobre as ações da Apple e seu impacto em seus projetos iOS e macOS”, incluindo a Microsoft.


Em uma declaração em apoio à Epic Games [PDF], o executivo de jogos da Microsoft, Kevin Gammill, escreveu que "a descontinuação da capacidade da Epic de desenvolver e oferecer suporte ao Unreal Engine para iOS ou macOS prejudicará os criadores de jogos e jogadores". Especificamente, Gammill disse que os jogos que utilizam o Unreal Engine serão colocados em "desvantagem substancial", citando o jogo de corrida Forza Street para iPhone e iPad, da própria Microsoft, como exemplo.


A Apple argumentou que a Epic Games cometeu "feridas autoinfligidas" ao violar intencionalmente suas regras, observando que ela poderia ter prosseguido com o processo sem introduzir uma opção de pagamento direto no aplicativo Fortnite. A Maçã também disse que ficaria feliz em ter o Fortnite de volta na App Store se a Epic resolver as violações.


Phil Spencer, chefe do Xbox, no Twitter:

Hoje nós apresentamos uma declaração em apoio ao pedido da Epic para manter o acesso ao SDK da Apple para seu Unreal Engine. Garantir que a Epic tenha acesso à tecnologia mais recente da Apple é a coisa certa para desenvolvedores e jogadores.


Uma audiência relacionada ao pedido da Epic Games de uma liminar, que forçaria a gigante de Cupertino a colocar o Fortnite de volta na App Store durante o processo legal, está marcada para amanhã, dia 24 de agosto, às 15h, horário do Pacífico, no tribunal da Califórnia.


Leia também:

- Fortnite é removido da App Store após Epic Games adicionar opção de pagamento próprio

- Apple encerrará contas de desenvolvedor da Epic Games em 28 de agosto



Fonte: MacRumors

23/08/2020 - 23h45

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.