• Rafael de Angeli

iPhone todo em vidro com seu corpo sensível ao toque pode ser aposta da Apple

Uma nova pesquisa da Apple descreve um iPhone totalmente em vidro, que poderia exibir informações, ícones e imagens em qualquer superfície, com todo o dispositivo sensível ao toque.

Detalhe de um desenho de uma patente. Observe como a imagem de fundo se estende para o lado e as bordas exibem controles de toque ou dados semelhantes a complicações (como nos Apple Watches).

Os dias em que precisamos segurar o iPhone verticalmente para fazer o Face ID funcionar podem estar contados. Mesmo porque no iPad Pro já conseguimos desbloquear o Face ID de todas as formas possível, até mesmo de ponta cabeça. Mas isso poderá acontecer de uma forma diferente, pois uma nova patente da Apple descreve um smartphone que tem pouca ou nenhuma necessidade de uma orientação correta.


"Electronic Device with Glass Enclosure” (dispositivo eletrônico com corpo de vidro), US Patent No 20200057525, descreve um iPhone que compreende "um corpo de vidro de seis lados".


Ainda é o caso de uma frente ou "pelo menos uma parte do primeiro lado principal do corpo de seis partes" mostrar a maioria dos controles e exibir muitos aplicativos.


"Convencionalmente, o vidro tem sido usado nesses dispositivos para fornecer uma janela transparente sobre uma tela sensível ao toque na parte frontal", diz a patente. "Descrito aqui, no entanto, são dispositivos eletrônicos com corpos que usam vidro para definir vários lados... Nesses casos, o corpo do smartphone pode parecer visual e taticamente sem costura, de modo que todo o iPhone pareça ser formado a partir de um único pedaço de vidro (mesmo seja criado por várias peças separadas e unidas)".

Além desse benefício estético de um iPhone aparentemente sem costura, todo o vidro pode ser funcional.


"Os corpos com vidro definindo seus vários lados podem facilitar ou permitir várias funções e usos adicionais que não são realizados com os aparelhos convencionais", continua. "Por exemplo, as partes traseiras e laterais de vidro podem ser transparentes, permitindo que o iPhone inclua telas adicionais visíveis pelas laterais e/ou pelas costas. Além disso, as telas visíveis nas laterais e na traseira poderiam ser tocadas e/ou forçadas na sensibilidade, usando sistemas sensíveis ao toque ou à força, transformando efetivamente as superfícies laterais e traseira em dispositivos de entrada adicionais ou em superfícies com as quais um usuário possa interagir para controlar o aparelho eletrônico".

Imagem meramente ilustrativa

Isso pode significar substituir os botões do modo silencioso, de ligar e desligar, de aumentar ou reduzir o volume, por áreas de detecção de toque. A Apple pode usar um sensor de força (algo parecido com o falecido 3D Touch?), permitindo que os usuários “apertem” o iPhone, tendo a intenção de enviar uma chamada para a caixa postal, por exemplo.


De acordo com os desenhos incluídos na patente, a gigante de Cupertino também está utilizando as bordas do telefone para exibir informações, podendo ter ícones semelhantes a aplicativos que dariam acesso, com apenas um toque, ao modo avião ou ao wi-fi.


Os exemplos mostrados incluem complicações semelhantes às do Apple Watch, como informações atuais do clima ou rolagem de dados do aplicativo Bolsa.

Observe como as bordas ou "lados periféricos" são deliberadamente indistintos, pois a Apple quer criar um dispositivo sem distrações

A Maçã mostra uma imagem de fundo que se estende pela frente e pelas laterais, mostrando um cone arredondado em vez de uma borda distinta para o iPhone. No entanto, a Apple faz distinção entre essas bordas, chamando as partes superior e inferior do dispositivo de "lados periféricos".


"[Vários lados do vidro] podem exibir saídas gráficas (por exemplo, imagens, vídeos etc) que abrangem vários monitores e lados do dispositivo", diz a Apple. "Por exemplo, uma única saída gráfica exibida (imagem, interface do usuário etc) pode envolver ou se estender por um lado frontal, um ou mais lados periféricos e atrás do iPhone, contribuindo, assim, para a aparência unificada dos múltiplos lados".

Com seus lados pelo menos parcialmente ativados para o toque, "os ícones poderiam se mover por várias superfícies quando deslizados, podendo até aparecer como uma interface de usuário em forma de ‘fita’ que envolveria o dispositivo", diz a Apple.


A ideia seria se afastar da noção de frente, traseira e laterais e, ao invés disso, "minimizar essas distinções para formar uma região de exibição funcional e visualmente unificada que abrange várias superfícies".


Christopher D. Prest e Peter N. Russell-Clarke, ambos da Apple, foram creditados como inventores. Prest é nomeado em mais de 130 patentes, incluindo muitas relacionadas, como "sistemas de fixação e vedação de vidro" e "estruturas de flexão de luz de múltiplos elementos para minimizar as bordas da tela".


Da mesma forma, Russell-Clarke possui mais de 30 patentes em seu histórico, incluindo "caixas de dispositivos de vidro" e "vidro opaco e transparente fundido para câmera ou vitrine".


Essa patente do iPhone todo de vidro segue outra de novembro de 2019, que também descreveu um smartphone abrangente, embora com um design um pouco diferente. A empresa também está investigando componentes flexíveis, bem como possíveis displays dobráveis.

Também existem patentes de um iMac todo de vidro, entre outras invenções que, infelizmente, podem nem ser lançadas e nem verem a luz do dia. Podemos dizer que são apenas “conceitos patenteados” e não quer dizer que a Apple esteja realmente planejando lançar estes produtos. Mas só de estarem pesquisando e possivelmente investindo em novidades e tecnologias novas, nos dá grandes esperanças para o futuro, não é mesmo?


Digamos que grana, neste caso, não é um problema. Dinheiro não falta para a Apple fazer tudo isso acontecer (e mais um pouco).


Sem pensar na fragilidade deste possível futuro iPhone, será que ele vai precisar de uma película de vidro? Talvez uma película 360º de seis lados? 😲😬

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.