• Fernando Cunha JR

EUA consideram banir TikTok e outros aplicativos chineses. Huawei também está na mira.

De acordo com a Casa Branca, Washington tem feito campanha contra empresas de tecnologia chinesas. Equipamentos podem ser usados para espionagem e dados de usuários podem ser comprometidos.


Os Estados Unidos estão considerando banir o TikTok e outros aplicativos de mídia social chineses. O secretário de Estado Mike Pompeo disse à Fox News que a Casa Branca está "analisando a possibilidade".


Pompeo disse que os EUA já agiram para proteger sua infraestrutura de telecomunicações, e queria tomar a decisão certa quando se tratava de smartphones.


Reportagem da CNBC:

Washington tem feito uma campanha contra empresas de tecnologia chinesas. A Huawei, em particular, tem estado na mira. Os EUA afirmam que os equipamentos da Huawei podem ser usados para espionagem por Pequim, e que os dados dos usuários podem ser comprometidos. A Huawei negou repetidamente essas alegações. Mas o TikTok, de propriedade da ByteDance, com sede em Pequim, também está no radar desde o ano passado. Washington tem estado preocupado que a plataforma censura conteúdo e que seus dados possam ser acessados por Pequim (...) Quando perguntado, em uma entrevista à Fox News, se os EUA deveriam proibir o TikTok e outros aplicativos de mídia social chineses, Pompeo disse: "Estamos levando isso muito a sério. Estamos certamente olhando para ele. "Trabalhamos nisso há muito tempo", disse ele. "Fora os problemas de ter a tecnologia Huawei em sua infraestrutura, estamos fazendo progressos reais para tirar isso. Declaramos a ZTE um perigo para a segurança nacional americana", acrescentou Pompeo, citando as duas empresas chinesas de rede de telecomunicações. "Com relação aos aplicativos chineses nos celulares das pessoas, os Estados Unidos também acertarão isso".

O TikTok insiste que os dados de usuários dos EUA são armazenados nos Estados Unidos, com um backup em Cingapura, e que nunca forneceu dados ao governo chinês. No entanto, nesses casos, é inteiramente possível que a China possa acessar os dados sem que o TikTok os 'forneça'. A empresa também deu uma explicação nada convincente para a revelação de que estava lendo conteúdo de área de transferência do usuário.


Pompeo foi direto em seus comentários:

Quando perguntado pela Fox News se os americanos deveriam baixar o aplicativo de mídia social, Pompeo disse: "Só se você quiser suas informações privadas nas mãos do Partido Comunista Chinês".

O TikTok, no entanto, ganhou alguma credibilidade com sua decisão de sair de Hong Kong após a imposição de novas leis por lá.

O TikTok e outros grandes desenvolvedores chineses já viram seus apps banidos na Índia como uma aparente retaliação por uma batalha na fronteira, com a Apple e o Google removendo seus aplicativos.


Nos EUA, o TikTok é quase tão popular quanto o YouTube entre as crianças, então uma proibição americana seria um grande golpe para a empresa.


Leia também:

- O TikTok está realmente gravando tudo o que você copia no iOS do iPhone?



07/07/2020 - 16h14

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.