top of page
  • Foto do escritorRafael de Angeli

Apple supera 2 bilhões de dispositivos ativos no mundo e Serviços estabelecem novo recorde

Além de divulgar seu desempenho trimestral, a Apple compartilhou detalhes mais recentes sobre quantos de seus dispositivos estão ativos no momento no mundo. A base instalada continuou a crescer constantemente, empurrando a empresa para além do marco de 2 bilhões de dispositivos, enquanto os Serviços atingiram um novo recorde de receita.


A Apple teve uma queda no primeiro trimestre fiscal de 2023, com pouco mais de US$ 117 bilhões em receita e lucro de US$ 30 bilhões, o que representa uma queda de 5% em relação ao ano anterior, com a comparação sendo seu recorde histórico para o primeiro trimestre fiscal de 2022, que gerou US$ 123,95 bilhões em receita.


No entanto, a empresa apontou dois pontos positivos com 2 bilhões de seus dispositivos agora em uso e um novo recorde de receita para seus Serviços, que inclui o Apple TV+, Apple Music, Apple Arcade, Apple Fitness+, Apple News+, iCloud+, Apple Pay, Apple Card, entre outros.


No ano passado, nesta época, a Apple compartilhou que atingiu 1,8 bilhão de dispositivos ativos, o que significa que adicionou mais de 200 milhões de iDevices nos últimos 12 meses para ultrapassar a marca de 2 bilhões. A base instalada da Maçã cresceu cerca de 100 a 150 milhões de novos dispositivos por ano, desde 2019, e os eletrônicos ativos dobraram de 1 para 2 bilhões em apenas sete anos.


Tim Cook, CEO da Apple, e Luca Maestri, CFO da empresa, atribuíram o crescimento da base instalada à alta satisfação e fidelidade dos clientes, juntamente com um número recorde de usuários que trocaram concorrentes pela Maçã.



Os Serviços da gigante de Cupertino registraram uma receita recorde de US$ 20,78 bilhões no trimestre, superando ligeiramente a estimativa de US$ 19,5 bilhões e gerando 935 milhões de assinaturas pagas, 150 milhões a mais que no ano anterior.


Luca Maestri, CFO da Apple:


"Estabelecemos um recorde histórico de receita de US$ 20,8 bilhões em nosso negócio de Serviços e, apesar de um ambiente macroeconômico difícil e restrições significativas de fornecimento, aumentamos a receita total da empresa em uma base de moeda constante. Geramos US$ 34 bilhões em fluxo de caixa operacional e devolvemos mais de US$ 25 bilhões aos acionistas durante o trimestre, continuando a investir em nossos planos de crescimento de longo prazo".


Fontes: 9to5Mac e Apple

6/2/2023 - 13h20

Comments


bottom of page