• Rafael de Angeli

Apple prevê venda recorde de mais de 240 milhões de iPhones em 2021

A Apple está em uma trajetória para vender um recorde de 240 a 250 milhões de iPhones no ano fiscal de 2021, superando o recorde anterior de 231 milhões de smartphones vendidos no ano fiscal de 2015, de acordo com o analista Dan Ives, da Wedbush.

Imagem: EverythingApplePro
"Embora a Street esteja prevendo cerca de 220 milhões de unidades do iPhone para o FY21 [ano fiscal de 2021], acreditamos que, com base nessa trajetória atual e em um 'caso de touro', Cupertino ainda tem potencial para vender mais de 240 milhões de unidades (250 milhões poderiam estar nas cartas - uma figura que arregala os olhos) que facilmente eclipsaria o recorde anterior da Apple de 231 milhões de unidades vendidas no FY15 [ano fiscal de 2015]", disse Ives, em uma nota de pesquisa compartilhada com o site MacRumors.

Ives estima que 350 milhões de usuários de iPhones em todo o mundo estão atualmente "na janela de uma oportunidade de atualização", que acredita estar "se traduzindo em um ciclo de atualização superciclo sem precedentes" para a Apple este ano.


Se essa previsão for precisa, a linha iPhone 12 pode ser a mais popular desde o iPhone 6 e 6 Plus, que tiveram uma forte demanda após o lançamento, em setembro de 2014, devido aos tamanhos de tela maiores. A Samsung já oferecia vários smartphones com tamanhos de tela iguais ou superiores à marca de 5 polegadas na época.



Fonte: MacRumors

09/04/2021 - 09h07