• Rafael de Angeli

Apple é a terceira empresa que mais fatura com jogos no mundo

Enquanto a Apple costuma ser muito criticada por não ser um verdadeiro "dispositivo de games", 2021 foi um ótimo ano para a Maçã, que ficou em terceiro lugar entre as dez maiores empresas públicas em receita de jogos.

Imagem: Reprodução/MacRumors

Quando se fala sobre jogos e Apple no mesmo assunto, o maior problema que muitos gamers citam é o fato de que a placa de vídeo normalmente não pode ser substituída em muitos computadores Macs, o que não é ideal para quem joga. Apesar disso, a Apple tem muitas soluções para aqueles que querem agitar seus produtos e jogar.


Para os jogos, 2021 foi um ano fantástico. Embora isso possa ocorrer graças à crescente popularidade dos eSports ou às últimas entradas em franquias de videogame de longa duração, como Pokémon e Resident Evil, os videogames tiveram um aumento significativo nos números. Somente em 2021, as receitas totais foram próximas de US$ 200 bilhões.



Mais da metade do total, cerca de US$ 127 bilhões, veio de apenas dez empresas, um crescimento anual de 10%. De acordo com um gráfico composto por informações coletadas pela Newzoo, a Tencent foi a maior ganhadora de 2021, embora a Apple tenha ficado em um terceiro lugar impressionante.


De acordo com a Newzoo, a participação da Apple é grande graças ao mercado de jogos para dispositivos móveis. Somente no ano passado, este mercado para smartphones cresceu 12,5%, o que ajuda a Apple, que recebe comissão de 15% a 30% de todas as compras de jogos na App Store. A Maçã recebe 15% dos pequenos desenvolvedores e 30% dos grandes (a maioria).


Embora a Apple tenha sido derrotada pela Sony e pela Tencent, existem algumas razões pelas quais a gigante de Cupertino pode não manter esse ritmo no futuro. Para começar, a Sony perdeu uma boa quantidade de receita por problemas de fornecimento com o PS5. A Newzoo também observou que o primeiro trimestre de 2022 viu a Microsoft tentar adquirir a Activision Blizzard. Caso isso aconteça, terá um enorme impacto no mercado de jogos, com sua receita combinada em 2021 sendo de US$ 21 bilhões, o que excede em muito os US$ 15,3 bilhões da Apple.


Conceito: AppleDsign

No entanto, embora a aquisição da Blizzard pela Microsoft possa afetar a receita de jogos para a Apple, a Maçã ainda tem alguns truques na manga. Rumores estão circulando de que a Apple ainda pode ter interesse em desenvolver um dispositivo de jogos, enquanto um Headset AR/VR certamente trará bastante receita de games. Na semana passada, notícias também deram conta de que a Apple estaria em negociações para comprar a Electronic Arts, o que, no entanto, não seria o primeiro empreendimento da empresa em jogos. A gigante de Cupertino lançou seu serviço de games Apple Arcade em 2019. Por meio dele, usuários podem jogar sem anúncios em seus iPhones, Macs, iPads e Apple TVs.


Embora seja provável que a receita de jogos da Apple seja afetada em grande parte pela popularidade dos games para iPhone e iPad, a Maçã continua mostrando que não é desleixada quando se trata de jogos.



Fontes: Newzoo e the Mac Observer

3/6/2022 - 8h31