• Rafael de Angeli

Apple dominou vendas de dispositivos de áudio com os AirPods e fones Beats em 2020

Já em "pulseiras vestíveis", diferente da categoria específica "relógios inteligentes", a Maçã perdeu para a Xiaomi por apenas 1,3% de participação de mercado.


A Apple vendeu cerca de 108,9 milhões de "dispositivos de áudio pessoal inteligente", que incluem os fones de ouvido AirPods e Beats em 2020, de acordo com a Canalys, empresa de pesquisas líder em analistas de mercado de tecnologia global.


108,9 milhões de unidades representa quase 30% dos 84 milhões de dispositivos comercializados em 2019, com a Apple detendo 25,2% do mercado. A Maçã dominou a competição, com a Samsung, a fabricante de dispositivos de áudio mais próxima, vendendo 38,3 milhões de fones de ouvido, incluindo sua subsidiária Harman. Xiaomi, Sony e outras também ficaram atrás da gigante de Cupertino.



A Apple teve um forte crescimento no quarto trimestre de 2020, vendendo cerca de 37,3 milhões de fones de ouvido (com e sem fio) com 26,5% de participação de mercado. As vendas do quarto trimestre de 2020 aumentaram 26,6% em relação ao trimestre do ano anterior, com a Maçã superando todos os outros concorrentes por uma ampla margem.



Quanto às "vendas de pulseiras vestíveis", a Apple foi a empresa dominante no quarto trimestre de 2020, comercializando cerca de 14,5 milhões de Apple Watches, com 25% de mercado, representando um crescimento anual de 49,2%.



A Xiaomi foi a mais próxima concorrente da Apple durante o trimestre, com 8,7 milhões de dispositivos vendidos, seguida pela Huawei, com 6,7 milhões, e pela Fitbit, com 5,5 milhões.


Embora a Apple tenha vendido bem mais ​no quarto trimestre de 2020, principalmente após os lançamentos dos Apple Watches Series 6 e SE, ela não foi a fornecedora dominante na categoria "pulseiras inteligentes" contabilizando o ano todo. Esse título foi para a Xiaomi, com 37,7 milhões de unidades vendidas em 2020, apenas 1,3% a mais que a Maçã.


A Apple vendeu um total estimado de 35,2 milhões de Apple Watches em 2020, ante 27,3 milhões no mesmo trimestre do ano anterior. A marca chinesa Xiaomi vende uma variedade de "pulseiras inteligentes" que são muito mais acessíveis do que o Apple Watch, com algumas custando cerca de US$ 30. Relógios versus pulseiras inteligentes têm diferenças gritantes entre elas, mas infelizmente foram categorizados juntos pela Canalys.



Todos os dados da Canalys são estimados, já que a Apple não fornece números específicos das vendas de ‌AirPods‌, de Beats e de Apple Watches, em vez de oferecer a receita total de vários produtos.


A categoria de "Vestíveis, Casa e Acessórios" da Apple, que engloba o Apple Watch e os ‌AirPods‌, estabeleceu um novo recorde de receita no quarto trimestre de 2020, atingindo US$ 12,97 bilhões, com um crescimento de 30% em apenas um ano.



Fontes: Canalys, 9to5Mac e MacRumors

04/04/2021 - 0h59