• Rafael de Angeli

Em meio à pandemia, Apple vendeu 14,3 milhões de iPads no segundo trimestre de 2020

Mesmo com o crescente mercado de tablets, a gigante de Cupertino continua sendo a fornecedora número um de tablets no mundo.


A Apple vendeu cerca de 14,3 milhões de iPads no segundo trimestre de 2020, mantendo sua posição como a fornecedora número um de tablets no mundo, de acordo com novos dados compartilhados hoje pela Canalys. Isso representa um aumento de 19,8% em relação aos 11,9 milhões vendidos no trimestre do ano anterior.



Os ganhos da Apple no segundo trimestre de 2020 indicaram um grande aumento nas vendas do iPad, à medida em que as pessoas trabalham e aprendem em casa. A Apple não fornece detalhes sobre o número de iPads vendidos, nem mesmo os modelos, mas as vendas do tablet renderam US$ 6,5 bilhões durante o trimestre.


A Apple há muito tempo é a fornecedora número um de tablets no mundo e, no segundo trimestre de 2020, detinha 38% de participação no mercado. A Samsung foi a segunda fornecedora mundial de tablets, transportando 7 milhões de tablets, seguida pela Huawei, Amazon e Lenovo, com 4,7 milhões, 3,2 milhões e 2,8 milhões de tablets vendidos, respectivamente.



O mercado mundial de tablet PC cresceu 26% no segundo trimestre de 2020, o que a Canalys atribui ao trabalho remoto.


As vendas mundiais de tablets atingiram 37,5 milhões de unidades no segundo trimestre de 2020, um notável aumento de 26% em relação ao ano anterior. Os tablets, parte do mercado de PCs, vacilaram nos últimos anos, mas a demanda no segundo trimestre de 2020 foi impulsionada por consumidores e empresas que queriam acesso acessível ao poder básico da computação e telas maiores para facilitar o trabalho remoto, aprendizado e lazer. Os fornecedores conseguiram aumentar a produção para atender a essa demanda renovada. Ao mesmo tempo, varejistas e operadoras em vários mercados forneceram incentivos financeiros para dispositivos e dados para incentivar a compra de tablets.

A Canalys também forneceu dados sobre vendas mundiais de PCs, com dados de tablet incluídos. Ao contabilizar as vendas combinadas de Mac e ‌iPad‌, a Apple vendeu 19,6 milhões de dispositivos no trimestre, com participação de mercado de 17,7%, atrás da Lenovo, com 20,2 milhões de dispositivos vendidos e superando a HP e a Dell, com 18 milhões e 12 milhões de dispositivos vendidos, respectivamente.



Os lucros da Apple para Mac também aumentaram, gerando US$ 7 bilhões, US$ 1,2 bilhão a mais que os US$ 5,8 bilhões em Macs vendidos no segundo trimestre de 2019. Durante a conferência de ganhos mais recente da Maçã, o CEO da Apple, Tim Cook, observou que as restrições de oferta afetaram as vendas de Mac e ‌iPad‌ durante o trimestre. Alguns computadores, como o iMac, têm estimativas de entrega longas desde o início da pandemia.


A Apple está trabalhando para colocar mais iPads e Macs nas mãos dos clientes, portanto as vendas deverão ter um crescimento contínuo no quarto trimestre.


Leia também:

- Apple anuncia faturamento do terceiro trimestre de 2020 com receita de US$ 59,7 bilhões



Fonte: MacRumors 03/08/2020 - 19h15

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.