top of page
  • Foto do escritorRafael de Angeli

Apple divulga lucro de US$ 23,6 bilhões e receita de US$ 90,8 bilhões no 2º trimestre fiscal de 2024

A empresa anunciou os resultados financeiros do segundo trimestre fiscal de 2024, que corresponde ao primeiro trimestre do ano.

Loja com Apple Vision Pro

No trimestre, a Apple registrou receita de US$ 90,8 bilhões e lucro líquido trimestral de US$ 23,6 bilhões, ou US$ 1,53 por ação diluída, em comparação com receita de US$ 94,8 bilhões e lucro líquido trimestral de US$ 24,1 bilhões, ou US$ 1,52 por ação diluída, no mesmo trimestre do ano anterior. A Maçã estabeleceu um recorde trimestral histórico de receita de serviços de US$ 23,9 bilhões, mas a receita do iPhone caiu mais de US$ 5 bilhões em comparação com o mesmo trimestre do ano anterior.


A margem bruta do trimestre foi de 46,6%, em comparação com 44,3% no mesmo trimestre de 2023. O conselho de administração da Apple também autorizou um adicional de US$ 110 bilhões para recompra de ações e declarou um aumento no pagamento de dividendos de US$ 0,25 por ação, US$ 0,10 acima do esperado. O dividendo será pago em 16 de maio aos acionistas registrados até 13 de maio.

Gráficos

Tim Cook, CEO da Apple:

“Hoje a Apple está reportando receitas de US$ 90,8 bilhões no trimestre de março, incluindo um recorde histórico de receitas em Serviços. Durante o trimestre, ficamos entusiasmados em lançar o Apple Vision Pro e em mostrar ao mundo o potencial que a computação espacial revela. Também estamos ansiosos por um anúncio de produto emocionante na próxima semana e uma incrível Conferência Mundial de Desenvolvedores no próximo mês [WWDC24]. Como sempre, estamos focados em fornecer os melhores produtos e serviços para nossos clientes, e fazê-lo ao mesmo tempo em que vivemos de acordo com os valores fundamentais que nos movem”.

Números por segmentos do 2º trimestre fiscal:


iPhone: US$ 45,96 bilhões (-10,46%) vs. US$ 51,33 bi em 2023

Mac: US$ 7,45 bilhões (+3,9%) vs. US$ 7,17 bi em 2023

iPad: US$ 5,56 bilhões (-16,64%) vs. US$ 6,67 bi em 2023

Vestíveis, Casa e Acessórios: US$ 7,91 bilhões (-9,7%) vs. US$ 8,76 bi em 2023

Serviços: US$ 23,87 bilhões (+14,2%) vs. US$ 20,91 bi em 2023


Gráficos

Luca Maestri, CFO da Apple:

“Graças aos níveis muito elevados de satisfação e fidelidade do cliente, a nossa base instalada ativa de dispositivos atingiu um novo recorde histórico em todos os produtos e todos os segmentos geográficos, e o nosso desempenho comercial impulsionou um novo recorde de lucro por ação no trimestre de março. Dada a nossa confiança no futuro da Apple e o valor que vemos em nossas ações, nosso Conselho autorizou um adicional de US$ 110 bilhões para recompra de ações. Também estamos aumentando nosso dividendo trimestral pelo décimo segundo ano consecutivo”.

Como tem acontecido há mais de quatro anos, a Apple mais uma vez não emitiu orientações para os acionistas para o trimestre atual que termina em junho.


Apple Vision Pro
Apple Vision Pro chega às lojas da Apple nos EUA em fevereiro

As ações AAPL da Apple fecharam em alta de 5,98% nesta sexta-feira (3), no valor de US$ 183,38 cada uma. A gigante de Cupertino vale hoje US$ 2,812 trilhões de dólares e é a segunda empresa mais valiosa do mundo, atrás apenas da Microsoft, valendo US$ 3,022 trilhões.



Fontes: Apple, MacRumors e 9to5Mac

4/5/2024 - 20h36

Comments


bottom of page