top of page
  • Foto do escritorPedro Celli

MacBook Pro M2 com 8GB/256GB vs 16GB/512GB de memória e SSD - Grandes diferenças de desempenho

Vamos a mais uma polêmica referente a este "pseudo" MacBook Pro de 13" com chip M2 que a Apple atualizou na WWDC deste ano junto com o todo reformulado MacBook Air também com processador M2, que ainda chegará às lojas neste mês de julho.


Já falamos muito sobre este Mac em nosso podcast especial da WWDC, em uma matéria mostrando seus problemas e também em nosso podcast desta semana (edição #107).


Ontem, dia 30 de junho, o Canal Max Tech lançou um novo vídeo que compara o MacBook Pro de 13” com chip M2 (MBP M2) com 8 GB de RAM e 256 GB de SSD com o mesmo Mac com 16 GB de RAM e 512 GB de SSD, o que nos deixou mais irritados ainda, mostrando que a Apple lançou um modelo totalmente capado de entrada que, dependendo do uso, perde até para o MacBook Air com chip M1 lançado há 18 meses!



Benchmark


Nos testes com o benchmark, os números, tanto de single core como de multi-core, foram exatamente os mesmos, sem ter nenhum aplicativo (software) aberto no macOS, somente o GeekBench 5.


No teste com o Speedometer, os dois também praticamente empataram. E só havia a aba deste benchmark aberta.


Velocidade do SSD


Aqui está toda a indignação de um notebook que a Apple insiste de chamar de "Pro". Pasme! Tirando tudo o que já falamos na matéria anterior (lançada em 27 de junho) e em nossos podcasts, a versão com 16 GB de RAM e 512 GB de SSD possui velocidade 2x maior que o modelo de entrada de 8GB/256 GB. O absurdo não é ele ter esta velocidade, pois é basicamente a mesma do modelo com chip M1 lançado há um ano e meio atrás… O ridículo é o modelo de entrada ter metade desta velocidade, diferente do MacBook Pro com 13" de entrada com chip M1 também lançado há um ano e meio. Mais uma vez a Apple economizou, para conseguir um lucro maior, em um notebook que ela chama de Pro, "enganando" seus clientes.



E por que estou dizendo que ela engana seus cliente chamando este Mac de entrada de Pro?


Para responder, vamos ver os próximos testes que o canal Max Tech fez, comparando os dois no uso real do dia a dia.


Transferência de Arquivo


Para um profissional, a velocidade na transferência de arquivos é muito importante, porque para quem trabalha com vídeo, que edita vídeos para o Youtube, comerciais, institucionais etc, gera uma quantidade muito grande de takes. No exemplo, eles foram transferir um arquivo de 22,5 GB de um dispositivo externo para o SSD do MBP M2. A versão de entrada foi aproximadamente 3x mais lenta para completar esta operação: 9,5 segundos vs 28 segundos. Imagina você transferindo muitos arquivos durante o seu trabalho e depois fazendo backup externo. Perderá um tempo precioso para quem ganha dinheiro com o trabalho, ou seja para quem é PROfissional.



Programação


Suponha que você é um programador e compra este MBP M2 de entrada para conseguir programar e testar mais rápido os seus apps. Se você rodar apenas o Xcode, que é a plataforma de programação da Apple, não vai sentir diferença quando for codificar seu programa. No teste, a diferença foi de apenas 1 segundo, com 120,6 segundos vs 119,6 segundos.


É claro que ninguém abre somente um programa. Você terá algumas abas do seu navegador, com talvez o Photoshop para fazer sua interface gráfica, e por aí vai...


No próximo teste há 10 abas abertas no Chrome. Quando se roda o benchmark, o MBP M2 16 GB/512 GB foi até mais rápido que no teste anterior, com 118,2 segundos, enquanto o de entrada foi bem mais lerdo, com 125,7 segundos, também por causa do uso do swap.


Fotografia


Imagine agora que você é um fotógrafo profissional, que fará um casamento, depois terá que exportar 50 fotos no Lightroom com 42 megapixels cada e que você tem aberto no seu MBP M2 apenas o app da Adobe e mais nada. O resultado é incrível. O MBP M2 com 8GB de RAM e 256GB de SSD fez em 2 minutos cravados. Já o MBP M2 com 16 GB/512 GB fez em 1 minuto e 7 segundos. Foi praticamente 2x mais rápido. Sabe porque? Pois a versão do MBP de entrada com 8GB precisou fazer swap de memória virtual no SSD, e como o armazenamento do modelo de 256 GB é 2x mais lento que a versão de 512 GB, causou esta diferença absurda de tempo.


Em um teste com o Photoshop, para criar HDR misturando fotos, com 10 abas abertas e rodando o app FinalCut Pro, o modelo "profissionalzinho" de entrada fez em 40 segundos, contra 13 segundos do seu irmão crossfiteiro. Quase 4x mais rápido!



Vídeo


Se para um fotógrafo os arquivos de imagens já são grandes, imagine para quem trabalha com vídeo em grava em 4K. Estes arquivos são bem grandes, ainda mais se forem gravados sem compressão.


No próximo teste, foram abertas 10 abas do navegador, o Final Cut Pro da Apple e feito um vídeo de 5 minutos de duração em 4K HEVC (H.265 codec), só com Luts e algumas transições, coisas corriqueiras que qualquer YouTuber faz. E como não era de se esperar, o MBP M2 de entrada exportou em 4 minutos e 45 segundos, enquanto o mais parrudo exportou em 2 minutos e 22 segundos, exatamente na metade do tempo!



Isto chega a um ridículo tão grande, quando comparamos o mesmo projeto renderizado em um MacBook Air com chip M1 com 8 GB de RAM e 256 GB de SSD, que consegue exportar em 3 minutos e 36 segundos. Por que, Apple?


Testes de navegação


Por fim, em um teste normal onde você navega entre as abas do seu navegador ou entre as imagens abertas no seu Photoshop. O modelo de entrada demorava muito para atualizar a página, chegando ao absurdo de 12 segundos para trocar de uma foto para outra no Photoshop.


Considerações


Estes testes mostram situações do dia a dia, não só para profissionais, mas para quem trabalha com vários softwares ou abas abertas ao mesmo tempo. Você quer ouvir um podcast, ler uma matéria, fazer um planilha, editar uma foto, voltar para o navegador, trocar do podcast para música, e não quer ter que ficar abrindo e fechando os programas… Se você é esta pessoa, FUJA deste modelo de entrada, pois ele não vale o que a Apple cobra! Na verdade, ele não deveria nem existir, pois é um total descaso com o consumidor a Apple manter em sua linha de computadores Pro algo tão lastimável.


Se você tiver dinheiro apenas para comprar o modelo MBP M2 com 8 GB de RAM e 256 GB de SSD, opte pelo modelo MBP M1 com 8 GB/256 GB ou mesmo o MacBook Air com chip M1 e com 8 GB de RAM e 256 GB de SSD.


MacBooks Pro de 14 e 16 polegadas, lançados em outubro de 2021.

Agora se você tem dinheiro e pode comprar o modelo MBP M2 com 16 GB de RAM e 512 GB de SSD, que custa US$ 1.699 na Apple americana, eu colocaria 100 dólares a mais e compraria o MacBook Pro de 14" com M1 Pro e com 16 GB de RAM e 512 GB de SSD, que você encontra em lojas varejistas em promoção por aproximadamente US$ 1.799. Ele é um verdadeiro computador PROfissional, com tela mini-LED, magsafe, porta HDMI, leitor de cartão, 3 portas USB-C/Thunderbolt, som muito melhor e webcam Full HD.


Em resumo: eu, Pedro, não compraria NENHUM modelo de MacBook Pro de 13" com chip M2. Não vale o que a Apple cobra. Que a Maçã mude seu nome para "MacBook SE" e com um preço de US$ 899. Aí sim ele pode valer a pena.


Fonte: Max Tech

1º/7/2022 - 0h48

Comments


bottom of page