• Fernando Cunha JR

Desenvolvedores: Mac mini com chip A12Z não pode ser reparado no Genius Bar ou Provedor de Serviços

Os desenvolvedores podem se inscrever no programa, a um custo de US$ 500,00, e o Mac mini deve ser devolvido no final.

Tim Cook, CEO da Apple, durante keynote de abertura da WWDC 2020, explicando sobre o novo chip Apple Silicon.

A Apple anunciou na WWDC20 que mudará para seus próprios processadores personalizados a partir do final deste ano, o Apple Silicon. Como parte dessa transição, a empresa está permitindo que os desenvolvedores solicitem um Mac mini modificado com um chip A12Z e 16GB de RAM para desenvolver e testar seus aplicativos em um Mac com arquitetura baseada em ARM.


Embora não seja muito surpreendente, os desenvolvedores devem estar cientes de que este "Kit de Transição de Desenvolvedores" não é elegível para reparo em um Genius Bar ou em um Provedor de Serviços Autorizados da Apple, de acordo com um memorando interno obtido pelo site MacRumors. Em vez disso, os desenvolvedores devem entrar em contato com o suporte da Apple, e a empresa enviará um Mac mini substituto, se necessário.

A Apple tem muitas regras rígidas em vigor para o Mac mini baseado em A12Z. Por exemplo, os desenvolvedores estão proibidos de desmontar a máquina, executar quaisquer testes de benchmark, compartilhá-la com outras pessoas ou discuti-la nas mídias sociais.


Os desenvolvedores interessados podem se inscrever no Universal App Quick Start Program da Apple, a um custo de US$ 500,00, e o Mac mini deve ser devolvido no final.


Leia também:

- Macs usarão o Apple Silicon, chip próprio, em uma poderosa transição que deixará a Intel para trás



Fonte: MacRumors

29/06/2020 - 9h00

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.