• Fernando Cunha JR

Corellium explora o jailbreak do iOS e instala Android no iPhone

A startup de segurança cibernética Corellium, que está sendo processada pela Apple por suposta violação de direitos autorais, revelou, na quarta-feira, o Projeto Sandcastle, um produto beta que aproveita jailbreak do iOS para lançar uma versão do Android em modelos mais antigos de iPhone.

"A Apple restringe os usuários do iPhone a operar dentro de uma caixa de proteção, mas os usuários possuem esse hardware e devem poder usá-lo da maneira que desejam", afirmou a Corellium em um comunicado.

O Project Sandcastle foi criado com softwares de virtualização capaz de criar um telefone "efêmero" dentro de um iPhone. Por contar com o jailbreak, o produto beta do Corellium pôde se infiltrar no iOS 13 mais recente, mas está restrito aos iPhone 7, 7 Plus e ao iPod Touch. O suporte para outras versões do iPhone está em andamento, embora o jailbreak não consiga penetrar no iPhone 11.


A nova iniciativa acaba por ser mais uma afronta à Apple, que no ano passado processou a Corellium por supostamente violar os direitos autorais do iOS, ao vender software de virtualização de dispositivos e, assim, virtualizar outros ambientes dentro do iOS, o que, dentro do processo, a Apple chama de cópias não autorizadas do iOS.


"A Apple, durante anos, tentou bloquear o iPhone e o iPad sob o disfarce de segurança quando, na realidade, tentou excluir a concorrência", disse David Hecht, sócio da Pierce Bainbridge e consultor da Corellium à Forbes. "O domínio da Apple permite que decida tudo, desde quais aplicativos serão permitidos no mercado até a comissão que cobra aos desenvolvedores. A solução da Corellium para rodar o Android no iPhone finalmente fornecerá aos clientes uma alternativa viável à App Store e iOS da Apple".

Mais recentemente, a Apple colocou o banco Santander e a L3Harris Technologies na disputa legal com intimações exigindo que as empresas entregassem informações detalhando como eles usam o software da Corellium. A Apple também solicitou toda a comunicação entre as empresas e a Corellium, bem como contratos e informações sobre seu fundador, Chris Wade.


Isso é apenas mais um embate entre os gigantes de sistema operacional mobile, Apple e Google, mas acaba por ser um revés gigantesco para empresas do quilate de Samsung e LG, pois demonstra que o hardware utilizado pela empresa da maçã é muito superior ao que essas empresas desenvolvem e colocam no mercado.


Afinal, o que é Jailbreak?


O Jailbreak é um processo que permite que aparelhos com o sistema iOS (iPhone, iPod Touch e iPad) executem aplicativos não-autorizados pela fabricante Apple. Um aparelho com Jailbreak é capaz de baixar aplicativos anteriormente indisponíveis pela App Store via instaladores não-oficiais como o Cydia, assim como aplicações adquiridas de forma ilegal. O uso de técnicas Jailbreak não são recomendados pela fabricante (nem por nós), já que permitem a execução de aplicativos que provém de outros lugares além da App Store. Entretanto, pelo fato de alguns apps não serem aprovados para entrar na loja de aplicativos da Maçã, há uma grande variedade deles que podem ser baixados e que não poderiam sem o Jailbreak.

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.