• Rafael de Angeli

Apple registra US$ 81,4 bilhões de receita e um aumento de 36% no 3º trimestre fiscal

Com lucro de US$ 21,7 bilhões, a Apple anunciou hoje os resultados financeiros do terceiro trimestre fiscal de 2021, que corresponde ao segundo trimestre do ano.


Para o trimestre, a Maçã registrou receita de US$ 81,4 bilhões e lucro líquido trimestral de US$ 21,7 bilhões, ou US$ 1,30 por ação diluída, em comparação com a receita de US$ 59,7 bilhões e lucro líquido trimestral de US$ 11,25 bilhões, ou US$ 0,65 por ação diluída, no trimestre do ano anterior. Os números quebraram os recordes do trimestre de junho para a empresa.



A margem bruta do trimestre foi de 43,3%, em comparação com 38% no mesmo trimestre do ano anterior. A Apple também declarou um pagamento de dividendos trimestrais de US$ 0,22 por ação, pagáveis ​​em 12 de agosto aos acionistas registrados ao término dos negócios, em 9 de agosto de 2021.


Tim Cook, CEO da Apple:

"Neste trimestre, nossas equipes construíram um período de inovação incomparável, compartilhando novos produtos poderosos com nossos usuários, em um momento em que usar a tecnologia para conectar pessoas em todos os lugares nunca foi tão importante. Continuamos avançando em nosso trabalho para infundir em tudo o que fazemos os valores que nos definem - inspirando uma nova geração de desenvolvedores a aprender a codificar, aproximando-nos de nossa meta ambiental para 2030 e engajando-se no trabalho urgente de construir um futuro mais justo".

Como tem acontecido há mais de um ano, a Apple mais uma vez não emitiu orientações aos acionistas para o trimestre atual que termina em setembro.



Números por segmento:

  • iPhone: US$ 39,57 bilhões (+49,7%)

  • Mac: US$ 8,24 bilhões (+16,38%)

  • iPad: US$ 7,37 bilhões (+12%)

  • Vestíveis, Casa e Acessórios: US$ 8,78 bilhões (+36,12%)

  • Serviços: US$ 17,49 bilhões (+32,90%)


Luca Maestri, diretor financeiro (CFO) da Apple:

"Nosso desempenho operacional recorde no trimestre de junho incluiu novos recordes de receita em cada um de nossos segmentos geográficos, crescimento de dois dígitos em cada uma de nossas categorias de produtos e um novo recorde histórico para nossa base instalada de dispositivos ativos. Geramos US$ 21 bilhões de fluxo de caixa operacional, devolvemos quase US$ 29 bilhões aos nossos acionistas durante o trimestre e continuamos a fazer investimentos significativos em nossos negócios para apoiar nossos planos de crescimento de longo prazo".

E para finalizarmos os números, a gigante de Cupertino fechou a terça-feira valendo US$ 2,449 trilhões de dólares, quase chegando em um novo recorde de US$ 2,5 trilhões... Em breve! rs


Nada mal, né?

Fontes: Apple, 9to5Mac e MacRumors

27/07/2021 - 22h04