• Fernando Cunha JR

Apple está investindo pesado em cloud computing

Nos últimos meses, a Apple entrou em uma onda de contratações em computação em nuvem, contratando vários engenheiros de software conhecidos que trabalham em uma variedade de tecnologias modernas.


Em artigo publicado por Tom Krazit, do "Protocol":


"A quantidade e a qualidade das novas contratações causaram alvoroço na comunidade de tecnologia e desenvolvimento em nuvem e poderia indicar que a Apple finalmente está levando a sério a construção de infraestrutura de tecnologia tal como empresas como Amazon, Microsoft e Google. Não está totalmente claro o que a Apple tem em mente, mas várias ofertas de emprego indicam que a empresa está no meio da construção de novas ferramentas para suas equipes internas de desenvolvimento de software. A Apple executa uma operação massiva na Web, incluindo o serviço de armazenamento de arquivos iCloud, a App Store, o Apple Music, o Apple TV+, além de seu próprio site de comércio eletrônico. No entanto, é considerado que a Apple está distante e talvez até em um retrocesso em infraestrutura tecnológica, muito atrás de empresas como AWS, Microsoft, Google, Facebook e Netflix. Desde o ano passado, a Apple era um dos maiores clientes da AWS e também existe um acordo de computação em nuvem com o Google. Agora a empresa da maçã parece estar investindo no lado do software da operação. Na mesma época em que a expansão do data center foi anunciada, a Apple percebeu que seu estilo antigo de desenvolvimento de software precisava ser repensado e que os novos engenheiros poderiam ajudar a empresa a construir uma plataforma moderna para o desenvolvimento".


Já, há algum tempo, era de se esperar que, em algum momento, a empresa da maçã olharia com outros olhos ao mercado de cloud computing, visto que a Amazon, com sua cloud AWS, se mantém no topo, com 2/3 do tráfego diário de Internet passando por seus datacenters, e que se mostrou altamente rentável nesses anos de computação em nuvem.


A Apple já mostra, nos últimos anos, que pretende diversificar seus negócios, indo além da produção de smartphones e tablets, e o Apple TV+ é um exemplo disso. Agora a empresa começa a traçar uma estratégia para entrar de cabeça no mundo de infraestrutura em nuvem, não apenas por querer entrar, mas pela alta rentabilidade desse tipo de negócio.


Alguém ainda acredita que Jeff Bezos ganha dinheiro vendendo livros na Amazon?

NewsOnApple_Site_vertical.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Youtube
  • Apple Podcasts
  • Spotify
  • Deezer
  • Google_Podcasts_Logo_2


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

2019-2020 © News On Apple. Todos os direitos reservados.