• Rafael de Angeli

Apple adia lançamento de recursos controversos de segurança infantil 'para fazer melhorias'

A Apple atrasou o lançamento dos Recursos de Segurança Infantil que anunciou no mês passado após feedback negativo.

Imagem: Reprodução/MacRumors

Os recursos planejados incluem escanear as bibliotecas de fotos do iCloud dos usuários em busca de material de abuso sexual infantil (CSAM - Child Sexual Abuse Material), Segurança de Comunicação para avisar as crianças e seus pais ao receber ou enviar fotos sexualmente explícitas e orientação expandida de material de abuso sexual infantil na Siri e na Busca.


A Apple confirmou que o feedback de clientes, grupos sem fins lucrativos e de defesa, pesquisadores e outros sobre os planos levou ao atraso para dar tempo à empresa para fazer melhorias. A gigante de Cupertino emitiu a seguinte declaração sobre sua decisão:


"No mês passado, anunciamos planos para recursos destinados a ajudar a proteger crianças de predadores que usam ferramentas de comunicação para recrutá-los e explorá-los, e limitar a disseminação de material de abuso sexual infantil. Com base no feedback de clientes, grupos de defesa, pesquisadores e outros, decidimos reservar um tempo adicional nos próximos meses para coletar informações e fazer melhorias antes de lançar esses recursos de segurança infantil extremamente importantes".

Após o anúncio, os recursos foram criticados por uma ampla gama de indivíduos e organizações, incluindo pesquisadores de segurança, o denunciante de privacidade Edward Snowden, a Electronic Frontier Foundation (EFF), o ex-chefe de segurança do Facebook, políticos, grupos de políticas, pesquisadores universitários e até alguns funcionários da Apple. Desde então, a empresa tem se empenhado em dissipar mal-entendidos e tranquilizar os usuários, divulgando informações detalhadas, compartilhando perguntas frequentes, vários novos documentos, entrevistas com executivos da empresa e muito mais.



O conjunto de recursos de segurança infantil foi originalmente definido para estrear nos Estados Unidos com uma atualização para o iOS 15, iPadOS 15, watchOS 8 e macOS 12 Monterey. Não há informações de quando a Maçã planeja lançar os recursos "extremamente importantes", mas ela ainda parece ter a intenção de lançá-los.



Fontes: Apple e MacRumors

4/9/2021 - 0h55